Hospital Central Antonio Giglio amplia UTI com oito leitos

0
Hospital está sob gestão da Fundação do ABC desde o ano passado / Foto: Filipe Nunes

Prefeitura de Osasco volta a tentar “gestão compartilhada” / Foto: Rodrigo Petterson
Prefeitura de Osasco volta a tentar “gestão compartilhada” / Foto: Rodrigo Petterson

publicidade

Na próxima segunda-feira, 1º de junho, o Hospital Municipal Central de Osasco Antonio Giglio amplia com mais oito leitos a nova ala de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A unidade passou recentemente por uma mudança na direção através de uma parceria entre a Prefeitura e a Fundação do ABC, que assumiu a gestão.

O equipamento passa de 12 leitos na UTI adulto para 20. Se somados os 8 leitos da UTI pediátrica, o hospital contará com 28 leitos de terapia intensiva. “Além de aumentarmos a capacidade geral de internação em Terapia Intensiva, vamos promover melhora significativa nos atendimentos do pronto-socorro, pois a nova UTI estará integrada e servirá de retaguarda para os pacientes do PS”, explica o superintendente do Hospital Antonio Giglio-FUABC, Dr. Alessandro Neves.

publicidade

Além dos novos leitos de UTI destinados à retaguarda do pronto-socorro, outra medida que tem sido fundamental na melhoria do atendimento é o Protocolo de Manchester – sistema internacional usado em 19 países para classificar os usuários de acordo com a gravidade do quadro clínico.

publicidade
Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVisão na Rede
Próximo artigoCâmara de Osasco debate redução da maioridade penal