Hospital Montreal é lacrado pela Prefeitura

42
“Entre as irregularidades apontadas, destaca-se a ausência de mangueiras dos hidrantes e dos extintores, além de o AVCB estar vencido desde 2012", diz secretário / Foto: Paty Mura / Secom / PMO

Na tarde do último dia 10, terça-feira, o Hospital Montreal de Osasco foi lacrado pela Prefeitura de Osasco. Participaram da ação agentes das secretarias de Segurança e Controle Urbano (Secontru) e do Departamento de Vigilância Sanitária, órgão vinculado à Secretaria da Saúde. O hospital recebeu o prazo de 24 horas para a remoção dos pacientes e encerramento das suas atividades.

publicidade
“Entre as irregularidades apontadas, destaca-se a ausência de mangueiras dos hidrantes e dos extintores, além de o AVCB estar vencido desde 2012", diz secretário / Foto: Paty Mura / Secom / PMO
“Entre as irregularidades apontadas, destaca-se a ausência de mangueiras dos hidrantes e dos extintores, além de o AVCB estar vencido desde 2012″, diz secretário / Foto: Paty Mura / Secom / PMO

O Hospital Montreal que é particular e atende em um prédio de oito andares e outros dois anexos, na rua Padre Damaso, no Centro da cidade, com capacidade de 150 leitos, teve as portas lacradas pela falta do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), documento que certifica a edificação com condições de segurança contra incêndio prevista pela legislação, estabelecendo um período de revalidação.

No prazo de 24 horas, os 9 pacientes internados, sendo que um deles estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), precisaram ser removidos para outros hospitais. A unidade de saúde não poderá atender novos pacientes nem mesmo no Pronto Atendimento, espaço onde estão localizados os consultórios médicos.

publicidade

“Entre as irregularidades apontadas, destaca-se a ausência de mangueiras dos hidrantes e dos extintores, apresentando sérios riscos na segurança em caso de incêndio, além do AVCB estar vencido desde 2012. Então, por esses motivos, as secretarias de Segurança e Controle Urbano e de Saúde resolveram pela segurança dos pacientes e dos funcionários lacrar o local”, informou o secretário da Secontru, André Santiago.

Na última segunda-feira, 9, a Vigilância Sanitária fez a primeira vistoria no local e interditou a cozinha. Diante da situação encontrada referente à higiene e segurança foi realizada essa nova vistoria, em conjunto com a Secontru.

publicidade

Na quarta, 11, as equipes da prefeitura entregaram aos responsáveis pelo hospital o auto de infração com penalidade de interdição e acompanharam a remoção do último paciente. O hospital possui o prazo de 10 dias para recorrer. E em seguida, sanar as irregularidades como solicitar o AVCB e o alvará definitivo.

O AVCB é um documento obrigatório nos casos de construção e reforma, mudança da ocupação ou uso, ampliação da área construída, regularização das edificações e áreas de risco, e construções provisórias como circos, eventos, entre outros. A validade é de cinco anos, com exceção das edificações de recepção de público, cujo documento possui validade de três anos.

A violação do lacre e a reabertura do estabelecimento, sem prévia autorização da prefeitura, implicará em sanções legais, como multa conforme consta no artigo 135, parágrafo 3º, da lei complementar 139/2005, bem como elaboração de boletim de ocorrência.

Comentários

42 COMENTÁRIOS

  1. Nesse ano em 2012 achei muito estranho o meu filho deu entrada no Hospital Montreal e o Matheus estava com uma gripe forte, na época ele tinha convênio com os correios, eles seguraram o Matheus uma semana dizendo que ele estava com pneumonia, quando ele teve alta conversei com o médico ele me disse que o Matheus ficou internado para fazerem alguns exames, porque ele teve convulsão, mais de uma semana internado e eu junto com ele, depois quando fiquei sabendo que o Hospital ia ser interditado logo pensei então é por isso, o convênio paga o tempo que o paciente fica internado, é uma pena o que aconteceu o Matheus nasceu nesse Hospital, e ficou 45 dias na Isolete, e após a alta continuou sendo atendido na Pediatria.

  2. Nao é só os Hospitais particulares que estão nesta situação, a saúde publica de Osasco esta um verdadeiro caos,e enquanto isto nos só vemos nos noticiários que os funcionários publico estao em greve,ai eu perguto para os nossos vereadores,deputados federais e estaduais e para o Prefeito de osasco Jorge Lapas,Aonde esta todo o dinheiro que são arrecadados com Impostos?! cada vez mais auto,OU UM DOS MAIS AUTOS IMPOSTOS JA COBRADOS DE TODA A REGIOA DE SÃO PAULO,Alias senhores é melhor não responderem,pois nós osasquenses ja sabemos bem a respostas!!!!!

  3. É UMA PENA QUE OS DIRETORES/DONOS DO HOSPITAL DEIXARAM CHEGAR NESSE PONTO. EM TEMPOS PASSADOS, POR DUAS VEZES, A ATENÇÃO E COMPETÊNCIA DESSE MESMO HOSPITAL SALVOU A VIDA DE MINHA MÃE. LASTIMÁVEL ACONTECER ISSO, ATÉ PORQUE O HOSPITAL ATENDIA OS CONVENIADOS DO IAMSPE.

  4. Demorou de fechar esse hospital,parecia que era comprado pois não e so o predio que e inrrehular não ,não e citado na matetia mas a grande inrregularidade e os resistros de funcionarios que trabalhavam inrregular, salarios que atrazavam, ..trabalhei la, deixei de ir por 20 dias por falta de salarios fui dispensado e nunca mim pagaram meus direitos nem os atrazafos, que eram tres meses….

  5. Em fim fechou essa merda que nao paga os funcionarios e ainda tratam mal os pacientes, fora a higiene que nao existia naquele lugar.
    Agora falta pagar todos os meses que devem para os funcionarios….

  6. Estive lá 2 dias antes, os funcionários do pronto socorro disseram que não me atenderiam pq não tinha médico, nem técnico de enfermagem, que eu não conseguiria nem tirar um Raio X, eles não tem material de higiene, o risco de infecção hospitalar é muito grande, minha mãe ficou internada lá em uma maca quebrada, não davam medicação na hora certa (acho que não tinham). Foi um grande Hospital, nos ajudou muito mas hj é risco certo. Vamos torcer para que alguma rede hospitalar compre-o.

  7. Finalmente, tomaram providencias, Há cerca de dois anos eu venho denunciando e nada acontece.Já denunciei para a vigilância sanitária de Osasco, de São Paulo do Estado, também para o plano de saúde PREVENT SENIOR , E NUNCA, SE QUER ME DERAM UM RETORNO.
    Vi coisas absurdas durante a estadia de meu pai neste Hospital.
    Fechar é pouco, tem que haver punição para o médico administrador do Hospital e também para os médicos e enfermeiros que la trabalham, pois convivem diariamente com a precariedade a sujeira a total falta de estrutura e não fazem nada, simplesmente são coniventes e quando o cliente reclama, são grosseiros e irônicos, não aceitam queixas acham que aquela sujeira é normal.
    O CRM e COREN deviam investigar e punir tais profissionais.

  8. Isto é uma vergonha ! um hospital que era conceituado em Osasco termina desta maneira . O dono teste hospital , trabalhou pra cacete ,em quanto novo e tinha saúde ! formou seus filhos em médicos ,era o sonho dele que os filhos continuasse seu trabalho. Mas não ! eles com ganância deixou tudo ir por água a baixo ,só pensando neles .Um hospital que tinha os melhores médicos de Osasco ,um bom atendimento na gestão do fundador . Que teve de deixar o hospital na mão dos filhos por motivo de saúde e idade avançada. Enquanto o Dr.Leme estava bem este Hospital era a vida dele , era pura dedicação !!! Mas os filhos gananciosos só pensaram no bolso deles, mandaram médicos renomados que trabalhavam no hospital embora e até hoje não pagaram seus direitos. Eu conheço um pouco da história deste hospital , do trabalho do Dr. Leme fico triste por esta decadência que seus filhos deixaram chegar o HOSPITAL MONTREAL DE OSASCO.

  9. Passou da hora…Hospital totalmente sem recurso…Precisa de uma nova administração…Deus que me livre..preferível passar no SUS. Estou falando pq já passei e fiquei indignada com as condições….

  10. Que tal o órgão competente da Prefeitura também averiguar a legalização das Empresas de outros Municípios que prestam qualquer serviço relacionado a saúde em nosso Município.
    Que tal um cadastramento na Prefeitura com apresentação completa de toda documentação/equipamentos/instalações etc…

  11. O meu esposo teve internado no ano de 2013 o medico Dr Leandro tratou muito bem, mas a higiene, enfermeira e enfermeiros foram muito mal, educados com nós se falar na limpeza

  12. Bom fecha hospital antonio giglio e amador Aguiar todss ponto socorro fecha Osasco em termo de saúde maior propaganda enganosa , os pronto socorro nao tem clínico isto cúmulo do cúmulo ..

  13. AH!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! BOA lembrança ,,deem uma passada no hospital ANTONIO GIGLEO ,eu mesma ,,FIQUEI 4 dias internada ,,nos corredores aonde se fica apenas para observação a anos atraz , sem banho ,sem refeição ,e sem diagnostico ,pois retiravam sangue para exames ,,mas descartavam pois o que eu ouvia dos enfermeiros era que não tinha o que kit nescessario para fazer o exame ,,isso faz muito tempo ,,como será que esta hoje??????,na hora que graças a DEUS chegou uma médica e me deu alta dizendo (isso é eriziipela),,se cuida em casa ,,pedi para tomar um banho porque fazia 4 dias no corredor do hospital sem banho …(se arrependimento matasse eu tinha morrido))pois o banheiro estava imundo o chão cheio de coco e xixi um mal cheiro terrivel ,quem me ajudou a tomar o banho ,sem quase lugar para pisar foi minha irmã ,pois eu estava muito debilitada ,,prefeitura de osasco deem uma passadinha por lá pra ver se melhorou …

  14. PARABÉNS ,,A PREFEITURA DE OSASCO ,BOM SERIA QUE TODOS OS MUNICIPIOS TOMASSEM ATITUDES COMO ESSA ..QUANDO NESCESSARIO,,MOREI MUITOS ANOS EM CARAPICUIBA ,,CHEGUEI POR BEM POUCO TEMPO TER CONVENIO COM MONTREAL ,DEVIDO A NÃO GOSTAR DO ATENDIMENTO AMBULATORIAL ,DESISTI DO CONVENIO A MUITOS ANOS ATRAZ …EU NUNCA OUVI NINGUEM FALAR BEM DESTE HOSPITAL ,,DEMOROU DESTA ATITUDE SER TOMADA ,ESPERO QUE ELE NÃO VOLTE MAIS A ABRIR SUAS PORTAS .MAIS UMA VEZ PARABÉNS A EQUIPE QUE LACROU O LOCAL .

  15. Graças a Deus fecharam este lixo, além da falta de higiene, alimentação, medicações, nem sequer pagam os funcionários.
    Merecidamente fechado.
    Deviam decretar a falência, penhorar os bens e pagar aos funcionários que há meses não recebem.

  16. Exatamente na data de amanhã 18/03/2014 completa 11 anos que meu filho se foi nesse lixo de hospital, cheio de processos na justiça por erro medico, por problemas de higiene por funcionários mal capacitados, (não digo todos),meu filho morreu por uma sequencia de erros medicação aplicada errada, diagnostico errado e principalmente por dois incompetentes que até hoje atuam na cidade de Osasco DR ORLANDO HUMBERTO DE OLIVEIRA CRM 53220, e EDUARDO TAKESHI OGATA CRM 43251, MATARAM MEU FILHO. Acreditar que esse lixo de hospital vai permancer fechado é uma lenda sabe porque, devido os donos desses lixos trabalharem dentro da prefeitura de Osasco ter cargos altos dentro da própria prefeitura devido eles terem e possuírem o famoso jeitinho brasileiro, ISSO NÃO VAI DURAR MUITOS DIAS NÃO PORQUE ESTAMOS NO BRASIL O PAIS AONDE TUDO PODE E AS LEIS E CHEIAS DE BRECHAS.

  17. Demoro de fechar essa merda sofri um acidente não foi prestado socorro mais estava sendo cobrado do meu bolso

  18. sofri um acidente de moto em 2004, fui parar nesse açougue.
    queriam me mandar pra casa no outro dia, dizendo que eu estava bem!
    falei pra eles que minha perna estava saindo do lugar o médico quase me bate. ai ele medico foi fazer uma analise pessoal e viu que todos ligamento do meu joelho estavam rompido. pq não viram isso que entrei no hospital, esoerou 3 dias pra ver isso………….

  19. Até que enfim !Esse hospital era um descaso total com os pacientes e com os seus familiares. Os banhos de Pacientes acamados eram todos com garrafas de água mineral,sem nenhum tipo de equipamentos para tratarmos os pacientes com dignidade !

  20. A quatro anos atraz minha mãe ficou lá internada com cancer a higiene era precaria ,o ralo do banheiro era todo aberto barata e muita sujeira ,infermeiras nem ai para os pacientes minha mãe fez 9 lavagem intestinal e era eu que tinha que limpar elas tinham nojo, UTI fiquei arrazada minha mãe tinha bronquite além do cancer ela ficou nua só com um lençol e debaixo de um ar condicionado ,afinal eles mataram minha mãe no dia 4 de fevereiro 2010 desculpa pelo desabafo o que eles fizeram não fazem nem com um animal este hospital não tem que ser lacrado sim fechado.

    • Concordo que o hospital é ruim (meu pai também morreu lá). Mas penso que era mais fácil a prefeitura ajudar, desapropriar, encampar ou sei lá. Fechar um hospital onde existe carência de leitos é BURRICE. Tem que haver uma opção ao paciente.

  21. Será que vão fechar o PS Mesquita e as outras unidades publicas que encontrasse sem o PPRSS, sem o qual nenhuma unidade publica de saúde pode funcionar e que por consequência e de competência da vigilância sanitária a fiscalizam .

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMari volta ao vôlei de Osasco
Próximo artigoPrefeitura firma convênio de R$ 3 milhões para construção de centro esportivo