Inverno aumenta casos de tendinite e tendinose

0

Com as temperaturas mais baixas, o inverno costuma ser a estação do ano onde mais se tem incidência de tendinite e tendinose, que embora tenham sintomas semelhantes como dores no braço, punho e ombros, precisam de tratamentos diferentes, que podem durar mais ou menos tempo.

publicidade

7-BemEstar-Tendinite (Medium)

Segundo o fisioterapeuta Pericles Machado, da clínica Physio Athletic, a tendinite é o processo inflamatório no tendão que se caracteriza por dores ao repouso (quando em fase aguda) e a movimentos específicos. O diagnóstico é feito geralmente por exame clínico sem necessariamente uso de imagens. Já a tendinose é a degeneração do tendão, resultado de processos inflamatórios repetidos e mal resolvidos (podendo ser chamada de tendinite crônica).

publicidade

Ele conta que “o tempo de recuperação da tendinite varia de 3 a 6 semanas, dependendo da extensão e gravidade da lesão, enquanto a tendinose pode chegar a 3 meses”. Ambas as doenças são mais comuns em atletas, pois ocorre por conta de movimentos repetidos em excesso e com esforço.

“No caso de atletas, é fundamental o aquecimento adequado antes do exercício, evitar a sobrecarga de treinamentos e fazer alongamentos principalmente no final da atividade. Para os não atletas, a recomendação é evitar esforços bruscos, principalmente os que não sejam habituais, pois os músculos e tendões não estão adaptados e podem expor as estruturas a riscos”, esclarece Pericles.

publicidade

Comentários