Itapevi contrata médicos para ajudar no combate ao coronavírus

0
Itapevi tem 114 casos confirmados e 14 mortes por covid-19
Foto: Willian Leite / PMI

A Prefeitura de Itapevi vai contratar 26 médicos para atuar no combate ao novo coronavírus (covid-19) na cidade, por meio do edital de chamamento público 03/2020, que teve o período de inscrição prorrogado. Os profissionais interessados podem se inscrever até sexta-feira (15).

publicidade

Serão contratados 12 médicos de urgência e emergência e 14 médicos intensivistas. O contrato é temporário e poderá valer até 24 meses, com jornada de trabalho de 24 horas a 40 horas semanais.

Para o cargo de médico de urgência e emergência é necessário ter ensino superior completo em medicina, registro no órgão fiscalizador da profissão (CRM) e comprovante de habilitação (última anuidade paga do CRM).

publicidade

Já para as vagas de médico intensivista é preciso ter curso de nível superior em medicina, comprovante de experiência de dois anos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ou título de especialista em medicina intensiva ou pós-graduação em medicina intensiva, registro no órgão fiscalizador da profissão (CRM) e comprovante de habilitação (última anuidade paga do CRM).

Inscrições para a contratação de médicos em Itapevi:

O candidato interessado em participar da seleção deverá preencher a ficha de inscrição, anexa ao edital, e encaminhar a documentação (veja abaixo), exclusivamente, pelo endereço de e-mail sec.adm.concurso@itapevi.sp.gov.br.

publicidade

É necessário anexar ao e-mail, juntamente com a ficha de inscrição preenchida e assinada, foto ou cópia escaneada dos seguintes documentos: RG, CPF, título de eleitor e comprovante de quitação com a Justiça Eleitoral (última votação); quitação com a obrigação militar (masculino); certificado dos cursos realizados, registros de emprego na Carteira de Trabalho e Previdência Social.

Candidatos às vagas de médico de urgência e emergência também devem anexar registro no órgão fiscalizador da profissão (CRM) e comprovante de Habilitação (última anuidade paga do CRM).

Os interessados no cargo de médico intensivista, é preciso enviar também o comprovante de experiência de dois anos em UTI ou título de especialista em Medicina Intensiva ou Pós-Graduação em Medicina Intensiva, registro no órgão fiscalizador da profissão (CRM) e comprovante de Habilitação (última anuidade paga do CRM).

O edital para a contratação destes profissionais foi publicado no Diário Oficial do município, disponível neste link.

Comentários