“Já é costume ela ser assim”, desabafa funcionário do Carrefour humilhado por gerente em vídeo que viralizou

0
vendedor carrefour humilhado
Caso foi gravado por um cliente, que ficou indignado com a atitude da gerente / Foto: Reprodução/Redes Sociais

Circula nas redes sociais desde esta segunda-feira (25) um vídeo em que uma gerente do Carrefour aparece humilhando um vendedor, que limpa o chão ajoelhado. As imagens foram registradas por um cliente, que ficou indignado com a situação, em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

publicidade

No vídeo, o vendedor Pedro Henrique Monteiro, de 23 anos, aparece de joelhos esfregando o chão da loja. A mulher que está ao lado dele, gerente da loja, diz: “Olha aí, só pra vocês esse cara tem valor. Esses meninos, eles não limpam a casa deles”.

O vendedor diz que não se lembra da data do ocorrido, mas que foi entre 26 e 30 de setembro. Ele conta que havia terminado as tarefas e que a gerente pediu que ele ajudasse uma colega a limpar a loja. “Eu falei que tudo bem. Limpei os fogões, limpei geladeira, fiz minha parte. Depois, eu estava limpando lá, ela viu uma fita no chão, eu acho que é aquela de demarcação de distanciamento da covid, ficou aquela cola preta. Ela falou: ‘a gente tem que tirar isso’”, falou, em entrevista ao G1.

publicidade

Pedro disse que chamou a equipe de limpeza e também não conseguiu tirar a mancha porque precisava de uma máquina específica. “Eu falei para ela que não tinha como a equipe limpar, porque a máquina não estava na loja. Ela falou que eu tinha que fazer e já começou a ficar nervosa”, continuou.

O vendedor do hipermercado não percebeu que havia um cliente registrando o caso e só ficou sabendo depois que o vídeo viralizou nas redes sociais. Pedro contou ainda que não é a primeira vez que a gerente age dessa forma. “Já é costume ela ser assim, desde que chegou. Mas eu não queria mídia, não queria manchar o nome da empresa. Eu tinha outros gerentes muito bons. Eles me deram uma oportunidade, eu quero crescer. Tenho medo de ser demitido”, revelou.

publicidade

Em nota, o Carrefour disse que a funcionária foi afastada e que o caso será investigado. “O Carrefour repudia todo e qualquer comportamento indevido por parte de seus colaboradores”, declarou a rede de hipermercados, em nota.

O vendedor contou ainda que após o episódio passou a ser motivo de brincadeiras e chacotas entre os colegas de trabalho e precisou pedir afastamento médico. Ele contou também que em nenhum momento foi procurado pela empresa.

Nas redes sociais, o vídeo já tem mais de 1,2 milhões de visualizações. O caso fez com que o Carrefour ficasse entre os assuntos mais comentados no Twitter nesta segunda-feira (25). “Identidade visual é olhar Carrefour nos trends e já pensar em qual crime eles cometeram dessa vez”, disparou um internauta. “Aparentemente uma das metas estipuladas pelo Carrefour é zerar todos os crimes trabalhistas possíveis”, criticou outro.

“Isso é o que foi filmado né, agora imagina outras humilhações que a gente nem sonha que aconteceu”, comentou outro. “Empresa que já matou um cachorrinho nas suas instalações e cobriu um cadáver com guarda-chuvas pra manter o funcionamento… Alguma surpresa ainda?”, questionou outro.

Comentários