Início Política “Jamais tive contato com representantes da JBS”, diz Marcos Neves

“Jamais tive contato com representantes da JBS”, diz Marcos Neves

0
"O partido recebeu a doação. Jamais tive contato com representantes dessa empresa", diz Marcos Neves

Dos quase R$ 351,9 milhões em doações declaradas à Justiça Eleitoral feitas pela JBS nas eleições de 2014, um total de R$ 935,9 mil foi destinado a 13 políticos com base eleitoral ou que atuam na região. Entre eles o prefeito de Carapicuíba, Marcos Neves (PV), que emitiu nota oficial sobre a doação declarada de R$ 50 mil da JBS à sua campanha a deputado estadual em 2014.

publicidade

“Na campanha de 2014, consta uma doação de R$ 45 mil do Diretório Municipal do PV, com a JBS como doador orginário, ou seja, o partido recebeu a doação. Os dados são todos públicos e podem ser consultados por qualquer pessoa. Quero deixar claro que jamais tive contato com representantes dessa empresa”, diz Marcos Neves.

Leia a íntegra da nota oficial de Marcos Neves sobre a doação da JBS à sua campanha a deputado estadual em 2014:

“O Brasil vem vivendo um momento em que deve ser passado a limpo. É preciso ser transparente. E é assim que venho conduzindo minha vida política, com muito trabalho e diálogo.

publicidade

Por isso, é importante falar sobre como funcionam as doações de campanhas: Até 2014 eram permitidas por lei as doações de empresas aos partidos e campanhas, desde que devidamente declaradas à justiça eleitoral.

Acontece, porém, que muitas campanhas, como temos visto todos os dias nos noticiários, receberam doações que não foram declaradas, o chamado ‘Caixa 2’. Isso é crime. 

publicidade

Felizmente, em todas as minhas campanhas, minhas prestações de contas formam sempre aprovadas, o que significa que todas as entradas e despesas foram feitas rigorosamente dentro da lei.

É importante tratar desse assunto, porque muitas listas contendo nomes de políticos e doações de empresas estão circulando por aí e há uma diferença muito grande entre a doação ter sido feita dentro ou fora da lei, independentemente da empresa.

Na campanha de 2014, consta uma doação de R$ 45 mil do Diretório Municipal do PV, com a JBS como doador orginário, ou seja, o Partido recebeu a doação.

Os dados são todos públicos e podem ser consultados por qualquer pessoa. Quero deixar claro que jamais tive contato com representantes dessa empresa.

Como administrador público tenho o dever de prestar contas. Só assim vamos conseguir mudar a política”.

 

Comentários