Janaina Paschoal diz que Moro revelou “crimes graves” e Emidio pergunta se ela vai pedir impeachment de Bolsonaro

1
moro demissão
Janaina Paschoal, Sergio Moro e Emidio de Souza

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL), uma das idealizadoras do processo de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, declarou que o agora ex-ministro Sergio Moro “revelou crimes graves” do presidente Jair Bolsonaro e foi questionada pelo colega osasquense Emidio de Souza (PT): “vai propor impeachment do presidente que ajudou a eleger?”.

publicidade

Moro pediu demissão do Ministério da Justiça e Segurança Pública acusando Bolsonaro de querer interferir na Polícia Federal.

Janaina Paschoal, que chegou a ser cotada para ser vice de Bolsonaro, afirmou, no Twitter: “O ministro Moro revelou crimes graves e eu acredito em todas as palavras dele. Quero ver, agora, de que lado o PT vai ficar”.

publicidade

O petista Emidio rebateu: “Qual a dúvida deputada? Estaremos onde sempre estivemos, ao lado do povo, da democracia e da justiça. E você que inventou um crime de responsabilidade pra cassar Dilma, vai propor o impeachment do presidente que ajudou a eleger? Segundo Moro e você, crimes não faltam”.

publicidade

Comentários

1 COMENTÁRIO

  1. Janaína, sempre fui e continuo sendo seu fã e admirador, mas tem hora que é melhor a gente ficar calado senão, temos que ouvir aquilo que não gostamos. Se o presidente Bolsonaro – segundo fala de Moro – cometeu crime grave – tem quer ser investigado pelas autoridades competentes que não é o seu caso. Sua maior missão como deputada estadual agora deve ser a preocupação com o estado de São Paulo onde tem cidades que estão esquecidas pelo governador Doria.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBarueri vai levar internet a alunos da rede municipal que não têm acesso
Próximo artigoTradicional Tchê’s Burger, em Osasco, anuncia fim das atividades