JBS diz que motorista preso em caminhão com 500 kg de maconha...

JBS diz que motorista preso em caminhão com 500 kg de maconha em Osasco não é colaborador da empresa

0
Compartilhar
Tijolos de maconha estavam misturados com peças de presunto / Foto: Divulgação/Polícia Civi

Em nota enviada na tarde desta terça-feira, 10, a JBS declarou que o motorista preso em Osasco nesta segunda, 9, transportando 500 kg de maconha em um caminhão frigorífico que supostamente prestaria serviço à companhia não é colaborador da empresa.

Publicidade

“A JBS esclarece que o transportador não é colaborador da Companhia e que tomou somente agora conhecimento dos fatos. A empresa esclarece ainda que se colocou à inteira disposição para colaborar com as investigações das autoridades competentes para que sejam tomadas todas as medidas cabíveis”, diz a nota da empresa.

De acordo com a Polícia Civil, os tijolos estavam misturados com peças de presunto. A apreensão foi feita pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Campinas. Apesar de supostamente estar a serviço da empresa, o caminhão era de propriedade do suposto funcionário, não da JBS, segundo informações do G1.

De acordo com a Dise, o motorista saiu de Dourados (MS) e iria até Jaguariúna, onde passaria por revista da Polícia Civil. No entanto, o veículo desviou a rota e foi para Osasco, onde houve a interceptação.

O delegado titular da Dise afirmou que agora vai apurar a participação de mais pessoas no crime e também pretende investigar como a droga foi colocada dentro do caminhão, já que o lacre da carroceria não havia sido arrombado.

Compartilhar

Comentários