Jovem morto a tiros no Jardim Conceição havia sobrevivido a chacina há um ano

0
Foto: reprodução/Facebook

Morto a tiros na noite de sexta-feira 4, no Jardim Conceição, o jovem Jhonatan Jacó Souza, de 18 anos, era sobrevivente de uma chacina ocorrida no bairro há um ano. Na ocasião, o primo dele, Fernando, foi um dos quatro assassinados.

publicidade

“Acho que eles [os autores da chacina] não queriam deixar testemunhas”, afirmou Beatriz Nascimento, mãe do filho de um ano e quatro meses que Jhonatan deixou, ao Visão Oeste. O sobrinho dele, Vitor Henrique da Silva, de apenas 13 anos, também foi morto no ataque a tiros na sexta-feira.

Eles estavam sentados em frente a casa da família, na rua Matias de Albuquerque, quando criminosos passaram atirando de um carro, por volta das 22h30. Os dois foram socorridos por parentes, que chegaram a levá-los à UPA do Jardim Conceição, mas não resistiram. O enterro de tio e sobrinho aconteceu neste domingo, 6, no cemitério do Santo Anônio, em Osasco.

publicidade

Beatriz conta que Jhonatan estava animado com o novo emprego, em uma obra, no qual deveria ganhar registro em carteira nos próximos dias. “Ele iria ser registrado semana que vem”.

Ela se preocupa com o impacto da perda do pai na vida do filho, de apenas um ano e quatro meses. “Não sei como explicarei para ele a forma tão cruel que mataram o pai dele”.

publicidade

Comentários