Justiça de Santana de Parnaíba inclui Joelma como testemunha contra Ximbinha em processo

0
Joelma ximbinha
Reprodução

A cantora Joelma foi incluída pela 3ª Vara Judicial do Foro de Santana de Parnaíba como testemunha em processo movido pelo ex-marido dela, o guitarrista Ximbinha, contra o ex-deputado Wladimir Costa. Ela deve ser testemunha de defesa do ex-parlamentar, portanto contra o ex-marido.

publicidade

Ximbinha entrou com ação na Justiça do Pará após o ex- deputado paraense chamá-lo de “maníaco agressor de mulheres” e “guitarrista de m*rd*”, entre outros ataques, em publicações em redes sociais. O guitarrista pede indenização de mais de R$ 100 mil por calúnia, injúria e difamação. Na ação, Ximbinha alega “prejuízos de ordem moral e patrimonial que vem sofrendo em virtude das publicações e declarações de Wladimir”.

A defesa do ex-deputado, por sua vez, pediu a inclusão de Joelma como testemunha de defesa do ex-parlamentar devido ao fato de a cantora ter feito acusações semelhantes contra o ex-marido. “A testemunha foi casada com Ximbinha e também acusa o mesmo de praticar agressões contra sua pessoa”, alega.

publicidade

A juíza Roseane Cristina de Aguiar Almeida, da 3ª Vara Judicial do Foro de Santana de Parnaíba, São Paulo, marcou audiência para o dia 14 de outubro e mandou intimar Joelma, através de uma carta precatória criminal.

O processo de origem é da 9ª Vara Criminal da Comarca de Belém, Pará, mas Joelma será ouvida pela Justiça de São Paulo. A cantora mora em Alphaville, bairro nobre entre Barueri e Santana de Parnaíba que é reduto de ricos e famosos. No entanto, o oficial de Justiça ainda não conseguiu localizar a artista no endereço indicado para a entrega da intimação, segundo a colunista Fábia Oliveira, do jornal “O Dia”.

publicidade

Comentários