Início Cidades Carapicuíba Justiça mantém reintegração de posse na Vila Municipal, em Carapicuíba

Justiça mantém reintegração de posse na Vila Municipal, em Carapicuíba

1
reintegração de posse vila municipal carapicuíba
Trecho da Avenida Desembargador Dr. Eduardo Cunha de Abreu será interditado no dia 13 para cumprimento da determinação / Foto: Reprodução/Google Maps

A Prefeitura de Carapicuíba informou, na sexta-feira (1°), que a reintegração de posse na Vila Municipal, marcada para o dia 13 de abril, foi mantida por decisão judicial. De acordo com a administração municipal, dezenas de famílias estão deixando o local e recebendo ajuda de custo do governo estadual.

publicidade

Nos últimos dias, moradores saíram às ruas em protesto contra a decisão. Pelo menos 400 famílias devem deixar o local, segundo a Prefeitura. Elas têm até o dia 12 de abril para saírem de forma voluntária e aderirem aos programas habitacionais, como também foi determinado pela Justiça. “O Governo do Estado e a Prefeitura estão tomando todas as medidas para que o cumprimento da decisão seja o mais tranquilo possível”, disse a Prefeitura, em nota publicada nas redes sociais.

De acordo com a Prefeitura, os moradores realocados terão direito à unidade habitacional da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo), conforme consta no processo. “Essas unidades habitacionais da CDHU serão construídas próximas ao Fórum, em área doada pela Prefeitura de Carapicuíba, e o processo de licitação já está em andamento. Portanto, as famílias serão atendidas da melhor forma possível”, ressalta.

publicidade

“Desde janeiro, a Prefeitura está orientando as famílias e atendendo as demandas, por meio de plantões de assistentes sociais. Além de estar atuando em parceria com o serviço social da CDHU, formalizando a adesão dos beneficiários aos programas oferecidos”, conclui a Prefeitura de Carapicuíba.

A Prefeitura informou ainda que na quarta-feira (13), um trecho da Avenida Desembargador Dr. Eduardo Cunha de Abreu será interditado, a partir das 4h. Ação terá apoio da Secretaria de Trânsito e da Polícia Militar.

publicidade

Comentários