Karen Gaspar (PTdoB) / Fotos: Eudes de Souza/CMO

A ex-vereadora Karen Gaspar (PTdoB), uma das 14 parlamentares de Osasco que tiveram a prisão preventiva decretada no mês passado, na Operação Caça Fantasmas, do Ministério Público estadual, tenta na Justiça a redução do valor da fiança, estipulado em R$ 300 mil por acusado.

publicidade

Karen alegou que conseguiu apenas R$ 20 mil, mediante um empréstimo e, com o Judiciário em recesso, conseguiu, nesta sexta-feira, 6, no Plantão Judiciário de 2ª Instância, liminar para que permaneça em liberdade até que um desembargador aprecie o pedido de redução no valor da fiança.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui