Lapas busca verbas para educação e saúde com governo federal

0
Vice-prefeito Valmir Prascidelli e Jorge Lapas conversaram com Dilma sobre liberação de recursos para Osasco / Foto: Roberto Stuckert Filho

Vice-prefeito Valmir Prascidelli e Jorge Lapas conversaram com Dilma sobre liberação de recursos para Osasco / Foto: Roberto Stuckert Filho
Vice-prefeito Valmir Prascidelli e Jorge Lapas conversaram com Dilma sobre liberação de recursos para Osasco / Foto: Roberto Stuckert Filho

publicidade

Entre segunda-feira, 28,  e quarta, 30, o governo federal realizou em Brasília o “Encontro Nacional com os Novos Prefeitos e Prefeitas”, evento para apresentação de projetos e políticas públicas que podem ser desenvolvidos em parceria com a União. A reunião foi pautada em quatro eixos: desenvolvimento social, econômico, ambiental e urbano, além de participação social e cidadania.

O prefeito de Osasco, Jorge Lapas (PT), participou e já anunciou que vai se reunir com seu secretariado para a elaboração dos projetos. “O evento superou minha expectativa e nossa participação foi muito produtiva. Não só os ministros, mas toda a equipe técnica do governo federal apresentou em detalhes os programas disponíveis para ações conjuntas com as prefeituras, além de terem nos passados todas as orientações sobre como participar deles”, explicou.

publicidade

No encontro, a participação de Lapas teve como foco duas bandeiras principais: programas voltados às áreas de saúde e de educação. Atualmente, o município tem aprovada a construção de cinco creches e sete unidades básicas de saúde pelo governo federal. “Agora, foi aberta a possibilidade de incluirmos novas unidades, inclusive com valor reajustado e quase sem contrapartida das prefeituras”, conta.

Uma das maiores demandas da cidade, a ampliação de vagas em creches, é uma das metas estipuladas no programa de governo de Lapas. Entre as alternativas estão a ampliação de algumas creches e a construção de novas unidades, que dependerão de parcerias com o governo federal. Segundo o prefeito, no próximo mês ele retorna a Brasília para buscar recursos em convênios firmados diretamente com os ministérios.
Pelo cronograma apresentado no Encontro Nacional, as prefeituras têm até abril para inscrever seus projetos em busca dos recursos disponibilizados pela União.

publicidade

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBarueri deve estender horário das sessões
Próximo artigoVisão Atenta