Lapas entrega 7ª base 24h da Guarda Municipal

0
Vítima aproveitou descuido do motorista para acionar GCM / Foto: Filipe Nunes
Vítima aproveitou descuido do motorista para acionar GCM / Foto: Filipe Nunes

Na tarde deste sábado, 24, o prefeito de Osasco, Jorge Lapas, entrega a base da Guarda Civil Municipal (GCM) no Jardim Conceição. A unidade, na avenida dos Trabalhadores, 305, próximo à Fundação Bradesco, será a sétima Base Comunitária 24 horas do município.

publicidade
20 GCMs vão trabalhar na unidade, que fica na avenida dos Trabalhadores / Foto: Filipe Nunes
20 GCMs vão trabalhar na unidade, que fica na avenida dos Trabalhadores / Foto: Filipe Nunes

“Com a instalação da nova base, deveremos ter uma diminuição na ocorrência dos bailes funks que perturbam muitos moradores da região. Nosso objetivo é trabalhar para garantir maior qualidade de vida e coibir ações ilegais nas imediações”, declara o prefeito.

A nova base conta com aproximadamente 20 GCMs. O gerenciamento da área será composto por inspetores, agentes graduados e GCMs escalados por plantão de 12 horas em veículos permanentes.

publicidade

O comandante da corporação, Paulo Siqueira, afirma que “com a filosofia de uma polícia comunitária, o objetivo é também estreitar os laços de relação com a comunidade”.

“Caso necessário, a população poderá entrar em contato com o telefone da Central da GCM 153. Serão desenvolvidas algumas modalidades de policiamento conforme a demanda da região”, afirma o secretário de Segurança e Controle Urbano, André Santiago.

publicidade

GCM prende foragidos da Justiça argentina

Ação da Guarda Civil Municipal de Osasco (GCM) impediu, no dia 16 de outubro, que dois ladrões furtassem pertences da bolsa de uma mulher no Calçadão da rua Antonio Agu.

Eles foram detidos pelos GCMs Rabelo e Alexandrina, que patrulhavam o local e perceberam a ação dos criminosos. Ao abordar a dupla, um casal, os guardas solicitaram os documentos, e a partir deste momento descobriram que ambos eram argentinos e não possuíam documentação legalizada no Brasil.

A dupla foi levada ao 1º Distrito Policial para averiguação e esclarecimentos. Em consulta aos antecedentes criminais, constou que a mulher era procurada pela Justiça argentina por outros crimes cometidos.

Ela permanece detida e foi encaminhada à Cadeia Pública onde ficará à disposição da Justiça. Ele deverá ser deportado ao País de origem e impedido de retornar ao Brasil.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSaiba como manter sua casa fresca neste calor
Próximo artigoTudo ou nada