Lideranças da região manifestam pesar pela morte de Eduardo Campos

0
“Agora é momento de respeito às vitimas e aos familiares [de Eduardo Campos]”, afirmou o vereador e presidente do PSB de Osasco, Mário Luiz Guide / Foto: reprodução / Facebook

Eduardo-CamposLideranças políticas da região manifestaram pesar pela morte do candidato à presidência Eduardo Campos (PSB), na manhã de quarta-feira, 13, aos 49 anos, junto a outras seis pessoas, em acidente aéreo em Santos, no litoral paulista.

publicidade

“O PSB de Osasco lamenta a perda desse grande líder e presta seus sentimentos à família e amigos de Eduardo Campos e vítimas. Que Deus tenha Eduardo Campos e todas as vítimas em um bom lugar ao seu lado e conforte os corações de todos familiares e amigos que estão sofrendo esta perda”.
Mário Luiz Guide – vereador e presidente do PSB de Osasco

“É com grande pesar e consternação que lamento a morte do candidato a presidente da República Eduardo Campos, assessores e tripulantes, todos vítimas de acidente aéreo”.
Jorge Lapas (PT) – prefeito de Osasco

publicidade

“Eduardo Campos foi um grande governador para Pernambuco e um grande ministro da Ciência e Tecnologia durante a gestão do ex-presidente Lula. Mesmo seguindo um caminho diferente do PT, nosso partido mantinha uma relação de respeito com Eduardo Campos”.
Marcos Martins (PT) – deputado estadual

“Sua perda enfraquece o debate político, mas seus exemplos de boa administração e seu interesse sincero em ajudar o País não serão esquecidos”.
Gil Arantes (DEM) – prefeito de Barueri

publicidade

“Em 2012, Eduardo esteve aqui em Carapicuíba e a população o recebeu com muito carinho. Ele sempre será lembrado como um grande homem e líder”.
Marcos Neves (PV) – deputado estadual

“Estamos de luto por Eduardo Campos, que foi um exemplo de dedicação ao trabalho e um excelente pai de família”.
Emidio de Souza – presidente do PT-SP e ex-prefeito de Osasco

“Com o coração apertado, lamento a morte do governador Eduardo Campos, uma força séria e dedicada a lutar politicamente para um Brasil melhor”.
Celso Giglio (PSDB) – deputado estadual

“Posso afirmar que [Eduardo Campos] era uma pessoa do bem. Aos familiares, amigos e eleitores deixo meus sentimentos”.
Osvaldo Vergínio (PSD) – deputado estadual

“Nosso respeito com as famílias e amigos. Que Deus possa consolar o coração de todos neste momento de perda e dor”.
Sergio Ribeiro (PT) – prefeito de Carapicuíba

“Eduardo Campos foi um exemplo de ser humano, com uma trajetória brilhante em favor da democracia e da justiça”.
Isac Reis (PT) – deputado estadual

O então candidato durante inauguração de comitê na cidade, há duas semanas / Divulgação
O então candidato durante inauguração de comitê na cidade, há duas semanas / Divulgação

Durante campanha, candidato esteve duas vezes em Osasco

Durante a campanha a presidência, Eduardo Campos esteve duas vezes em Osasco. No dia 30 de maio, ele concedeu entrevista coletiva e se colocou como alternativa à polarização entre PT e PSDB, que, disse, fazem um debate “do passado contra o passado, dos que querem dividir o Brasil”. “Nós queremos unir o Brasil”.
Campos afirmou ainda que o país não está “condenado a ser governados pelos Sarneys e Collors da vida”.
Já dia 28 de julho, voltou à cidade, dessa vez com a vice Marina Silva – a mais cotada para substituí-lo como candidata do PSB à presidência – , para inaugurar um comitê. “Precisamos conter a inflação. O país parou de crescer, a inflação voltou e os juros estão nas alturas”, foi uma das falas do então candidato.

Comentários