“Mais um pouquinho de paciência”, pede prefeito de Barueri sobre adiamento de aulas presenciais

Junto ao adiamento da volta das aulas presenciais, prefeitos da região decidiram pressionar o governo do estado pela inclusão dos professores no grupo prioritário da vacinação contra a covid-19

0
rubens furlan prefeito de barueri
Reprodução

O prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), pediu “mais um pouquinho de paciência” ao anunciar que a rede municipal vai seguir determinação acertada na manhã desta quarta-feira (24) em reunião entre prefeitos da região e adiar a previsão de retomada das aulas presenciais de 1º para 15 de março, devido ao crescimento da pandemia de covid-19.

publicidade

Junto ao adiamento da volta das aulas presenciais, os representantes das 11 cidades que formam o Consórcio Intermunicipal da Região Oeste (Cioeste) afirmam que vão pressionar o governo do estado pela inclusão dos professores no grupo prioritário da vacinação contra a covid-19.

“Decidimos que as aulas deverão ser iniciadas a partir do dia 15 de março. E vamos fazer uma pressão forte junto ao governador para que possa imunizar, vacinar, todos os professores. Assim vamos conseguir mandar para a escola o professor e os alunos com a segurança que todos nós desejamos que eles tenham”, afirmou Furlan.

publicidade

“Então, meus amigos, mais um pouquinho de paciência. Mais um pouquinho… Nós vamos conseguir imunizar, vacinar, todos os professores e, aí sim, com segurança, volta as aulas, se Deus quiser”, completou o prefeito de Barueri.

O Cioeste é composto pelos seguintes municípios: Araçariguama, Barueri, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Itapevi, Jandira, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Santana de Parnaíba e Vargem Grande Paulista.

publicidade

Comentários