Marcos Neves: “Prefeitura está desorganizada”

2
“Administração está sem comando”, diz deputado reeleito / Foto: Eduardo Metroviche

William Galvão

publicidade

Reeleito deputado estadual com 105.849 votos, Marcos Neves (PV) concedeu entrevista ao Visão Oeste e falou sobre sua expressiva votação, que quase duplicou em relação a 2010, quando teve 54.759 votos e se elegeu para a Assembleia pela primeira vez. O parlamentar falou ainda sobre suas primeiras ações para o próximo mandato e avaliou a atual administração municipal de Carapicuíba, comandada por Sergio Ribeiro (PT).

“Administração está sem comando”, diz deputado reeleito  / Foto: Eduardo Metroviche
“Administração está sem comando”, diz deputado reeleito / Foto: Eduardo Metroviche

Visão Oeste: O senhor foi reeleito com quase 106 mil votos, o que representa quase o dobro do que obteve em 2010. Isso mostra que herdou grande parte dos votos do deputado Isac Reis (PT), que não foi reeleito. A que atribui essa queda do candidato petista na cidade e, consequentemente, o crescimento da sua votação?
Marcos Neves: Na eleição passada eu tive 54 mil votos, não era deputado, não era vereador, eu não tinha mandato nenhum. Naquele momento a gente tinha, vamos dizer assim, um recall do trabalho de 2008, quando fui candidato a prefeito [de Carapicuíba], e em 2010 a deputado estadual. Acho que isso nos fortaleceu em 2010 para eu ser eleito pela primeira vez, por conta de as pessoas que não estavam aprovando a administração do prefeito naquele momento, uma parte votou em mim. Nós fizemos também um trabalho em algumas cidades, como Itapevi, Jandira, Pirapora, Osasco, e alcançamos os quase 55 mil votos. A partir do momento que você é eleito, você transforma o seu trabalho. Hoje temos o Deputado No Seu Bairro, toda quinta-feira, toda semana, a gente está no bairro, final de semana a gente está na cidade, nós ampliamos o nosso trabalho aqui na região metropolitana. Eu tive 4 mil votos em Itapevi antes, agora tive 5,4 mil; em Pirapora do Bom Jesus eu tive mil, agora quase 3,2 mil; Osasco tive 2 mil, agora 4,2 mil. Cotia tive 300, agora 1,4 mil. Quase dobramos em algumas, triplicamos em outras. E não é trabalho só de levar recurso, é estar à disposição dos prefeitos. Hoje o prefeito ter um deputado junto com ele abre portas, então acho que isso foi fundamental para a gente trazer os votos de fora. Carapicuíba, em si foi o nosso trabalho, nossa proximidade com a população também, as coisas que conseguimos trazer para Carapicuíba como o Bom Prato, a questão do Corredor Oeste que é uma luta antiga, vários asfaltamentos que conseguimos, agora o PoupaTempo vai ser inaugurado, são várias obras importantes que nós intermediamos do governo do estado para o município. Isso foi primordial.

publicidade

Não acha que teve transferência de votos do Isac Reis para você de alguma forma?
Acho que não. Os votos dele, que poderiam ser dele, migraram um pouco para a Professora Sônia (vereadora que foi candidata a deputada estadual pelo Solidariedade), que são do mesmo grupo. Ela fala que não, mas faz parte da administração [municipal], tem secretário na administração. A questão dele (Isac) estar com problema na Justiça atrapalhou, e a administração do prefeito [Sergio Ribeiro] também, essa questão do PT também, e o trabalho individual. Posso falar pelo meu, não posso falar se o dele atrapalhou ou não.

O resultado expressivo dessa votação pode ser um indicativo para o senhor ser candidato à Prefeitura de Carapicuíba em 2016?
Ainda é cedo, cada eleição é uma eleição. É lógico que já começa a ter articulações aí entre os outros candidatos, vereadores, mas acho que é muito cedo. A população se preocupa com a eleição a partir do horário eleitoral na televisão. A gente viu isso aqui pra governador, presidente, deputado. Quando teve a morte do Eduardo Campos foi que as pessoas se atentaram à questão da eleição. Nós, políticos, devemos trabalhar incansavelmente nesse período e eleição é no momento da eleição.

publicidade

Como avalia a gestão do prefeito de Carapicuíba, Sergio Ribeiro (PT)?
Com muita crítica. Vejo hoje uma administração desorganizada, que não tem comando, onde as pessoas, cada um quer ver os seus interesses. Você não vê a Saúde como prioridade, que é uma necessidade da população, a limpeza pública, que é uma obrigação da administração pública, e também acaba não sendo prioridade. São fatores importantes e vitais para uma boa administração. Foi pregado em 2008 que ele traria muitos recursos do governo federal e, se você ver, os grandes investimentos que estão sendo feitos na cidade na verdade são do governo do estado. Fala-se de criação de creches, você vê só obras iniciando e não sendo terminadas, obras eleitoreiras. Você vê uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) que está pronta há mais de dois anos e fechada. Quantas pessoas não morreram, não deixaram de ser atendidas pela questão de ter um lugar muito bom e não estar sendo atendida? Então, a gente vê que é uma administração muito falha. Agora, quem vai julgar isso é a população. A gente tem as nossas críticas, mas independente disso ajudo a cidade, porque eu quero vê-la melhor.

Numa entrevista anterior o senhor frisou bastante a Saúde. Para o próximo mandato, quais serão prioridades?
Temos trabalhado muito para tentar pressionar a Prefeitura para abrir a UPA do Parque Santa Tereza, que seria importante para a cidade. Mandamos alguns recursos para a saúde e queremos que ele (Sergio Ribeiro) também atenda essa questão da Saúde. Mandei recurso para a ação do AMA de Carapicuíba, cuja obra já está em mais de 50%. Então, isso já dá mais atendimento para a população, além de equipamento. Nós conseguimos R$ 400 mil para a compra de equipamentos para hospital, e estamos conseguindo mais R$ 400 mil para equipamentos também do Hospital Geral. A questão das consultas, já existe uma portaria nacional segundo a qual a população tem que ser atendida rapidamente. O governo do estado tem um sistema chamado PROS, que é o sistema de agendamento de consultas, onde você tem o agendamento mais próximo para a população. Por exemplo, a pessoa foi no posto de saúde, foi atendida por um clínico geral e o clinico encaminhou ela para um cardiologista… Naquele momento, essa guia de consulta poderia ser marcada no próprio posto de saúde. O sistema PROS já deixa isso dessa forma. Barueri, Itapevi e Osasco funcionam assim. Isso facilita a rapidez, e as pessoas não perdem a consulta. Em Carapicuíba, a pessoa leva a guia até o local que vai marcar, que é na central de consultas, depois essa guia volta para o posto de saúde, para o posto avisar a pessoa da consulta. Nesse meio tempo a pessoa não é encontrada, perde-se o papel, a pessoa mudou de telefone. Assim, as faltas nas consultas que foram marcadas acabam sendo grandes. Estamos tramitando um projeto na Assembleia para que as cidades acima de 50 mil habitantes obriguem essas consultas serem marcadas na própria Unidade Básica de Saúde. Isso faz cumprir a portaria nacional sobre agendamento de consultas.

Além dos projetos na Saúde, quais as outras ações de destaque do mandato?
Temos várias ações. A questão social, o Bom Prato para Carapicuíba. Também estamos tratando para Jandira. A questão do transporte coletivo e sobre trilhos é fundamental para a população. Nós conseguimos ano passado fazer um trabalho na Comissão de Transporte para agilizar a rapidez dos trens. O governador anunciou ontem (quarta-feira, 5) que o tempo de espera entre um trem e outro vai diminuir de quatro para três minutos na Linha 9. O Corredor Oeste é importante, porque dá agilidade, conforto para as pessoas, novos terminais, melhora o trânsito. Temos trabalhado bastante e vamos continuar trabalhando.

Comentários

2 COMENTÁRIOS

  1. OI ESTOU LHE ESPERANDO. QUERO LH PEDI DUAS COISAS POR FAVOR A MINHA REVISÃO
    DE 2010 EU NÃO RECEBI FALARAM QUE FICOU PARA O GOVERNO.POR FAVOR ME AJUDE
    A RECEBER.OUTRA COISA É QUE EU QUERO CONCURSO PÚBLICO PARA MEU GENRO ELE
    RECEBE MIL REAIS PELO O EMPREGO QUE TEM UM ABSURDO.

    GRATA. GEZILDA E THAIS.25 DE MAIO 2016.

  2. Oi, esqueceu de mim.Estou lhe esperando.Quero lhe pedi um favor.Quero
    um nroconcurso Público para meu Genro Vinicios ele recebe mil reais no emprego
    que está um Absurdo,por favor outra coisa, eu não recebi a Revisão de 2010
    disseram que ficou para o Governo.Me ajude a receber.

    Grata. Gezilda e Thais. 25 de Maio de 2016.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEngenho Novo recebe “O Prefeito no seu Bairro”
Próximo artigoVisão Atenta