Maternidade de Osasco será hospital-escola em 2017

No total, serão 18 vagas para a residência médica (R-1, R-2 e R-3), com duração de três anos.

0

A partir de janeiro de 2017, o Hospital e Maternidade Municipal Amador Aguiar (HMAA), em Osasco, será também uma maternidade-escola com residência médica. A autorização foi assinada pelo Ministério da Educação, via Secretaria de Educação Superior, Diretoria dos Hospitais Universitários Federais e Residências de Saúde e Comissão Nacional de Residência Médica.

publicidade

No total, serão 18 vagas para a residência médica (R-1, R-2 e R-3), com duração de três anos. Os residentes serão selecionados pelo SUS e serão acompanhados pelos profissionais da Maternidade Amador Aguiar, onde receberão os certificados da residência e especialização.

O secretário municipal de Saúde, Carlos José Gaspar, o superintendente do HMAA, Ivan Ferreira, e a coordenadora de obstetrícia, Sandra Dircinha, destacaram que essa autorização é um reconhecimento ao trabalho executado pela Maternidade de Osasco. Ela avaliou que a transformação da unidade em hospital-escola “vai contribuir para a assistência médica em Osasco e região”.

publicidade

Comentários

publicidade