Médica de Barueri fez 25 mil partos em 40 anos de profissão

0
médica de barueri já fez 25 mil partos
Médica obstetra Marcia Zugaiar Buchala / Foto: Secom

Na Maternidade Municipal de Barueri são realizados em média 300 partos por mês. Além da equipe de profissionais da obstetrícia, muitos desses partos naturais ou cesárias passaram pelas mãos de Marcia Zugaiar Buchala, a médica obstetra que já ajudou a trazer ao mundo cerca de 25 mil bebês.

publicidade

Médica há 40 anos, a experiente obstetra de 62 anos de idade, também atua como diretora técnica da Maternidade Nair Fonseca Leitão. Após passar por vários hospitais de São Paulo, Marcia iniciou sua história em Barueri na década de 1990, quando ingressou por meio de concurso público. Mesmo se aposentando em 2013, continua sua missão de proporcionar bons partos às gestantes de Barueri.

Sobre atingir a marca de 25 mil partos, a profissional declarou que nunca teve a intenção de contabilizar o número de partos. “O que acho importante é continuar realizando o meu trabalho com muito carinho e profissionalismo. Todos os partos foram muito especiais e o que me deixa feliz e realizada é poder fazer parte de um momento tão especial na vida de cada uma dessas mulheres”.

publicidade

Parto, acolhimento e suporte emocional

“A palavra obstetrícia deriva do verbo ‘obstare’, que em latim significa ficar ao lado, e, como o próprio nome diz, é essencial que o profissional dessa área fique ao lado da mulher num momento tão especial, dando-lhe suporte emocional e assistencial, respeitando seu momento, seus limites e direitos”, explicou a médica de Barueri.

A gerente de Recursos Humanos Pedrina Rodrigues da Silva destacou o acolhimento diferenciado que recebeu da doutora Marcia há 28 anos, quando teve o seu filho júnior Rodrigues. “Existem muitos médicos que fazem o parto e depois não mantêm esse contato, mas eu tive essa ligação com a doutora Márcia. Me lembro dela indo me ver no quarto o tempo todo e dar notícias do meu filho, já que naquela época não poderia manter mãe e bebê no mesmo quarto”, relembrou a mãe.

publicidade

Quase 30 anos se passaram desde que Pedrina deu à luz Júnior e a médica continua fazendo parte da vida de ambos. Hoje, Júnior trabalha ao lado da obstetra. “Eu costumava escrever na minha agenda um diário da minha gestação. Um dia resolvi mostrar para o meu filho e nesse momento ele viu anotado o telefone dela e disse: ‘mãe, essa é a doutora Marcia’”, contou Pedrina.

A gerente de RH disse que demorou para entender, mas o filho explicou que, por coincidência, a médica que trabalhava com ele era a mesma que tinha feito o parto. “Acredito ter sido um encontro de almas”, finaliza.

 

>>> Leia também: Terminal do Parque Imperial será reformado, anuncia Prefeitura de Barueri

Comentários