Metalúrgicos da Bombas Esco completam uma semana de greve

0

Auris Sousa

publicidade

Os últimos dias não têm sido fáceis para os metalúrgicos da Bombas Esco, em Embu das Artes. Isto porque os companheiros estão em greve desde terça-feira, 29, contra o atraso de pagamentos. O Sindicato está unido aos companheiros para que o impasse seja resolvido o mais rápido possível.

Os salários estão atrasados desde 20 de outubro.  Desde então, os metalúrgicos deram um prazo para o patrão, mas tiveram avanços. Depois recorreram ao Sindicato, que procurou a empresa que se comprometeu a efetuar o pagamento na última sexta-feira, 1º. O que não aconteceu. “Não há outra saída. A greve vai continuar até que os salários sejam efetuados”, enfatizou o diretor do Sindicato Geremias da Silva.

publicidade

Ele explica que o Sindicato não vai aceitar esta postura da Bombas Esco. “A empresa não pode continuar desrespeitando os trabalhadores desta forma, por isto vamos levar o caso para os tribunais”, ressaltou.

publicidade

Comentários