Metalúrgicos de Osasco publicam nota de repúdio ao atentado contra caravana de Lula

0
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região publicou uma nota de repúdio ao atentado contra a caravana do ex-presidente Lula, que aconteceu na noite desta terça-feira (27), na cidade de Quedas do Iguaçu, no Paraná.

publicidade

Um dos veículos da comitiva, que era ocupado por jornalistas, foi atingido duas vezes por tiros. Ninguém saiu ferido. No momento dos disparos, o ex-presidente da república estava dentro da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFSS), em Laranjeiras do Sul.

Veja a nota de repúdio publicada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região

publicidade

Vimos manifestar o nosso mais veemente repúdio ao atentado cometido contra a caravana do presidente Lula na terça-feira, 27, no Paraná. Um fato da mais alta gravidade que representa risco a vida de Lula e de todos aqueles que o acompanhavam e também demonstra o grau de risco sob o qual está a Democracia no Brasil.

É inaceitável que agora tenhamos que lidar com baionetas ao invés de argumentos em um debate sobre projetos para o Brasil. O fato não só demanda uma resposta das autoridades em relação à punição de seus autores, mas também requer que aja de parte de todas as lideranças do Poder Público, partidos, movimentos sociais, sindicais, brasileiros a defesa do diálogo, do debate e da Política enquanto espaço para o exercício da cidadania e do respeito.

publicidade

É preciso que todos nós nos comprometamos com estes princípios; caso contrário, o ano eleitoral de 2018 pode se tornar um ano trágico, marcado pela violência e a intolerância, não o ano de fortalecimento da Democracia que queremos”.

Comentários