Metalúrgicos discutem reforma política nesta quinta-feira

0

A reforma política é o tema do fórum que o Sindicato dos Metalúrgicos promove nesta quinta-feira, 9, às 19h, em sua sede, em Osasco. Participam Cida Lopes, do Comitê Osasco de organização do Plebiscito Popular da Reforma Política, e Luciano Santos, do MCCE (Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral), que compõe a Coalizão pela Reforma Política.

publicidade

O objetivo é aproximar a discussão dos trabalhadores, especialmente dos metalúrgicos da base territorial do Sindicato, composta por 12 municípios da região de Osasco.

As manifestações de junho de 2013 expressaram uma série de reivindicações na área da Saúde, Educação, Mobilidade Urbana e também na Política. Em relação a última – mas sem deixar de ter relação com as demais pautas – naquele mesmo ano, um conjunto de movimentos sociais se organizaram e realizaram um Plebiscito Popular que consultou a opinião dos brasileiros sobre a realização de uma Constituinte exclusiva pela reforma política. O resultado foi a vitória das opiniões favoráveis, manifestadas por quase 8 milhões de pessoas.

publicidade

Questões como o financiamento das campanhas, reeleição, a organização de partidos políticos, a representatividade nas Câmaras, Assembleias e no Senado podem ser alteradas, de maneira mais ou menos profunda, de acordo com a intensidade da reforma.

Neste ano, ao mesmo tempo que escândalos de corrupção como o da Petrobras são investigados, a população brasileira busca aprimorar as instituições nacionais. A reforma política é um meio. No Congresso, o presidente Eduardo Cunha encaminhou a criação de uma Comissão Especial que vem discutindo o tema. Eduardo Cunha, por exemplo, já se pronunciou contrário a questões como o fim do financiamento privado de campanhas eleitorais.

publicidade

Comentários