Metalúrgicos saem às ruas da região em defesa de direitos

Metalúrgicos saem às ruas da região em defesa de direitos

0
Compartilhar
“Se não sairmos às ruas, vão nos tirar férias, 13º salário, FGTS. Vamos fazer as paralisações rumo à greve geral para impedir essas medidas”, diz o sindicato / Foto: Pâmela Amaral

“Se não sairmos às ruas, vão nos tirar férias, 13º salário, FGTS. Vamos fazer as paralisações rumo à greve geral para impedir essas medidas”, diz o sindicato / Foto: Pâmela Amaral
“Se não sairmos às ruas, vão nos tirar férias, 13º salário, FGTS. Vamos fazer as paralisações rumo à greve geral para impedir essas medidas”, diz o sindicato / Foto: Pâmela Amaral

Esta quinta-feira, 26, é dia de paralisação nas metalúrgicas de Osasco e região. O sindicato aderiu à ação nacional “Unidade de Ação Metalúrgica em Defesa dos Direitos e da Aposentadoria”, contra as ameaças do governo de Michel Temer aos direitos trabalhistas e previdenciários. A mobilização acontece com caminhadas e atos em frente a empresas na região central da cidade.

“Se não sairmos às ruas, vão nos tirar férias, 13º salário, FGTS. Vamos fazer as paralisações rumo à greve geral para impedir essas medidas”, diz o sindicato. A ação conjunta foi decidida em 8 de setembro, em uma reunião com diversos sindicatos, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo.

Compartilhar

Comentários