Metroviários e ferroviários decidem daqui a pouco se entram em greve amanhã

0

Os empregados do Metrô e da CPTM têm greve por reajuste salarial marcada para esta quarta-feira, 27. A decisão precisa ser ratificada pelos trabalhadores em reuniões marcadas para a tarde desta terça.

publicidade

Iniciamos as negociações com a CPTM em fevereiro. Durante esse período, esbarramos na intransigência da direção da CPTM e do Governo do Estado de São Paulo, que não nos deixaram outra alternativa a não ser a greve”, afirma, em nota, o Sindicato dos Ferroviários.

Os ferroviários pedem 7,89% de aumento salarial para repor a inflação mais 10% de aumento real Os metroviários reivindicam alta de 18,64%. As duas categorias também reivindicam reajustes em benefícios como vale-alimentação e cesta básica.

publicidade

Em audiências de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho foram oferecidos reajustes bem abaixo da pauta dos trabalhadores. O TRF apresentou uma proposta de 8,82% aos metroviários. A CPTM ofereceu 8,25% de aumento em todos os benefícios.

Em caso de greve, a Justiça determinou que os metroviários estão obrigados a trabalhar com 100% do efetivo no horário de pico e com 70% nos demais horários, sob pena de multa diária de R$ 100 mil.

publicidade

Comentários