Momento de acompanhar e fiscalizar

0

“O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas…”. Essa citação, parte do poema “O Analfabeto Político”, do dramaturgo alemão, Bertold Brecht (1898-1956), é uma lição que continua atual. E ganha ainda mais significado no início de cada nova gestão pública, cada nova legislatura, depois de um processo eleitoral.

publicidade

Exercer a cidadania, no âmbito político, não se trata apenas de cumprir a obrigação de votar e escolher nossos representantes. Se trata, também, de bem exercer o dever e o direito de fiscalizar os gestores e legisladores aos quais escolhemos para levar os nossos anseios, nossas demandas e nossas reivindicações às esferas do poder público que poderão dar-lhes a devida atenção. Espera-se que, no processo democrático, eles sejam porta-vozes de seus representados.

Exercer a cidadania não se trata apenas de cumprir a obrigação de votar

Mas nem sempre é assim. As promessas de campanha, não raro, dão lugar a objetivos pessoais, mercantilistas ou oportunistas. E somada à ampla divulgação de episódios de corrupção e escândalos, cria-se uma situação que gera na sociedade um efeito refratário à política. Aprofunda-se, assim, o fenômeno do analfabetismo criticado pelo dramaturgo alemão.

publicidade

É preciso lutar contra isso e incentivar a participação. A cada reinício do ciclo, principalmente no horizonte que mais se aproxima da comunidade, que é justamente o Legislativo e o Executivo municipais, cujos trabalhos começam a se realizar mesmo a partir de agora, o cidadão tem a oportunidade de retomar seu próprio compromisso com a cidadania. De exercer seu dever de fiscalizar e cobrar trabalho, posições coerentes e éticas dos políticos aos quais delegou a tarefa de representá-lo.

publicidade

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCharge
Próximo artigoFrases