Moradores de rua em Itapevi são acolhidos em hotel durante noites frias

0
acolhimento moradores de rua itapevi
Equipe da Prefeitura de Itapevi realiza abordagem a morador de rua / Foto: Felipe Barros - ExLibris PMI

Pelo segundo ano consecutivo, a Prefeitura de Itapevi acolhe pessoas em situação de rua em hotel durante o inverno. Nesse ano, por meio do programa Amor Acolher, além de realizar a busca noturna por essas pessoas, há um canal direto para que a população possa solicitar o acolhimento daqueles que forem encontrados dormindo nas ruas durante as noites frias.

publicidade

Caso o cidadão presencie alguma pessoa dormindo na rua ou procurando abrigo, deve ligar para o telefone (11) 4141-0474. O agente pegará o endereço e um ponto de referência e solicitará que uma equipe do Programa Amor Acolher vá até o local e converse com a pessoa em situação de rua, oferecendo o pernoite em hotel.

Se o morador de rua aceitar, ele será levado ao hotel do programa e poderá tomar banho quente, trocar de roupa e dormir em uma cama confortável com cobertores, em um ambiente seguro e saudável.

publicidade

O acolhimento das pessoas em situação de rua é feito sempre de maneira espontânea. Embora todos os serviços oferecidos tenham como objetivo exclusivo manter a saúde deste público, nem todas as pessoas nestas condições aceitam participar porque se recusam a seguir as regras sociais exigidas pelo programa.

Quem não aceita o pernoite, recebe um cobertor e orientações para se proteger do frio. Todos em situação de rua contatados pelas equipes da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania são cadastrados e acompanhados pelo Centro POP (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua).

publicidade

O Centro atende cerca de 30 pessoas adultas, por meio do acolhimento e oferta de serviços como higiene, alimentação (café da manhã, almoço e café da tarde), atividades socioeducativas e de saúde.

Além do acompanhamento, as equipes de assistência social contatam as famílias destas pessoas e sempre que possível buscam mecanismos para sua reabilitação e reinserção ao convívio em sociedade.

DECISÃO DO GOVERNO ESTADUAL// Grávidas vacinadas com 1ª dose da AstraZeneca vão tomar a 2ª dose da Pfizer

Comentários