Morre aos 83 anos, sindicalista osasquence Pedro Tintino

0

Faleceu na última terça-feira, 8, o sindicalista osasquence Pedro Tintino da Silva, que dirigiu o Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região (Sindmetal) em 1968, época em que ocorreu a famosa greve da Cobrasma. Tintino tinha 83 anos e morreu no hospital, vítima de uma série de complicações por conta de sua idade avançada. Ele deixou a esposa e 9 filhos.

publicidade

Pedro Tintino foi o primeiro presidente da União de Aposentados e Pensionistas de Osasco (UAPO), em 1985, permanecendo no cargo por dois mandatos de dois anos. Em 2009, disputou novamente a presidência da UAPO, mas foi derrotado por Octaviano Pereira dos Santos, atual presidente da instituição. Tintino também foi diretor da Sociedade Amigos do Bairro Jardim São Vicente, em Osasco.

publicidade

Comentários