“Muita tristeza” e “maldade terrível”: Furlan e Bruna se manifestam sobre moradores de rua envenenados em Barueri

7
moradores de rua mortos barueri
Quatro moradores de rua foram encontrados mortos no Centro de Barueri e quatro estão internados em estado grave após ingerirem cachaça que estaria envenenada / Foto: reprodução/redes sociais

O prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), e a filha dele, a deputada federal barueriense Bruna Furlan (PSDB-SP) se pronunciaram na noite deste sábado (16), sobre as mortes, por suposto envenenamento, de quatro moradores de rua na manhã de hoje, após ingerirem uma bebida alcoólica que estaria “batizada” e teria sido entregue a uma das vítimas na Cracolândia, em São Paulo. Outras quatro pessoas que também tomaram a bebida estão internadas no Hospital Municipal.

publicidade

“Foi com muita tristeza que recebi a notícia do caso das pessoas que faleceram na nossa cidade após ingerirem uma bebida alcoólica, possivelmente ‘batizada’, trazida de São Paulo”, declarou o prefeito, por meio das redes sociais.

“Apesar de estarem em condições de vulnerabilidade social, são seres humanos, que aqui em Barueri tem tratamento digno e até pernoitavam algumas vezes na Casa de Passagem de nossa cidade. Para as famílias, rendo minhas condolências e sincero pesar”, continuou Furlan. Bruna afirmou que a ação criminosa expressa uma “maldade terrível”.

publicidade

Os mortos, todos homens, tinham entre 39 e 49 anos. Os corpos foram levados ao IML de Osasco. Entre os internados há três homens, de 31, 38 e 43 anos, e uma mulher, de 54.

O prefeito de Barueri lembrou ainda que, entre as vítimas, está um casal que esteve no Congresso Nacional, em Brasília, a convite da filha dele, a deputada federal Bruna Furlan. “Entre as vítimas, conheci o casal Marlon Alves Gonçalves (que faleceu) e Silvia Helena Euripes (que está internada). Pessoas boas e humildes. Eles até visitaram o Congresso Nacional em Brasília ano passado, a convite da minha filha deputada federal Bruna Furlan”, destacou Furlan.

publicidade

“Estamos dando todo o auxílio às famílias dos que faleceram e apoio àqueles que estão internados. A nossa Guarda Municipal está colaborando com a Polícia para que se chegue a uma conclusão deste caso e que sejam punidos os culpados, se assim for comprovado. Que Deus abençoe a todos!”, completou o prefeito.

O grupo foi encontrado na rua Campos Sales por volta das 8h30 deste sábado. A ocorrência foi registrada na Delegacia Central de Barueri, que investiga o caso.

Comentários

7 COMENTÁRIOS

  1. Conversa que a garrafa foi recebida na Cracolandia… Esses moradores só vivenm em Barueri..bebem por aquí ..tem familias aquí..muitos são conhecidos de toda população..
    Precisa vir os direito humanos para esclarecer a chacina…porque aquí ninguem vai esclarecer nada!
    Aquí é una cidade o de tudo vai tudo vai pra debaixo do tapete.

  2. Aliás a briga iniciou no bar logo ali do lado do posto de gasolina, E CONHECEREIS A VERDADE, E A VERDADE VOS LIBERTARÁ. João 8:32

  3. A verdade vai aparecer essa garrafa não foi entregue em SP nada, uma garrafa de whisky com moradores de rua e tal longe pra vir beber aqui, que estanho né? E outro ninguém investiga uma briga que teve de um deles com um tão de bigode supostamente policial, isso ninguém vai investigar né o prefeito abafa tudo pagam pra tirar os acontecimentos aqui, prefeito e sua filha dois bandidos, agora por serem moradores de rua etc ninguém vai ligar né, cadê as filmagens das câmeras de segurança, até esqueci quem investiga é quem controla né, não vai aparecer o cara que deu pra eles. Foda hipocrisia a mil….terra de bandidos é assim, um encobre o outro, não existe jornalismo sério, só o velho jornal vermelho … Cadê a investigação verdadeira

  4. Não tenho palavras pra mostrar como estou indignada com a maldade humana . Queria muito entender o que se passa na cabeça de um ser igual a esse

  5. esse pessoal não saia de uma rua pra outra..como q ia pra cracolandia buscar bebida aff histtorinha mal contada
    ou medo da pessoa q contou né pode ter sido até ameassada vai saber

  6. Pai e filha Bruna Furlan apoiaram o golpe 2016, apoiaram todos os retrocessos trabalhistas que estão tornando nosso povo mais pobre, aumentando a população de rua. Pai e Filha Furlan têm parcela de culpa pela tragédia social ,. Deveriam deixar de ser hipócritas ….

  7. So se fragilizaram porque, daqui 40 dias começa a campanha eleitoral pra prefeito, enquanto está em sua bela mansão, comendo caviar, dane-se os que dormem na rua ou na Cracolândia.
    Que Deus os receba, essas vítimas, que além de tanto sofrimento, ainda são vítimas da maldade humana.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anterior“Carga Explosiva: O Legado” é atração neste Domingo Maior (17/11)
Próximo artigoHoróscopo do Dia | Previsões de hoje (17/11) para o seu signo