“Não siga nenhuma decisão imbecil do presidente da República”, diz Lula sobre covid-19

0
lula critica bolsonaro
Foto: Reprodução

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursou pela primeira vez, nesta quarta-feira (10), após anulação das condenações relacionadas à Lava Jato. “Eu tinha certeza que esse dia chegaria e esse dia chegou”, declarou Lula, sobre a decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF).

publicidade

Na segunda-feira (8), Fachin alunou as condenações por entender que a 13ª Vara Federal em Curitiba não tinha competência legal para julgar as acusações. Com a decisão, o ex-presidente não terá mais restrições na Justiça Eleitoral e está elegível para disputar um cargo público. Ele deve ser candidato à presidência em 2022.

Em seu discurso, que durou pouco mais de uma hora, Lula chamou a força-tarefa da Lava Jato de “quadrilha” e afirmou que vai continuar brigando para que Moro “seja considerado suspeito”. “Ele não tem o direito de se transformar no maior mentiroso da história do Brasil e ser considerado herói por aqueles que queriam me culpar”, afirmou, na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo.

publicidade

Lula se solidarizou com os milhares de brasileiros que perderam a vida com a covid-19. “Se tem um brasileiro que tem razão de ter muitas e profundas mágoas sou eu, mas não tenho. Sinceramente eu não tenho porque a dor que eu sinto não é nada diante da dor que sofrem milhões e milhões de pessoas. É muito menor do que a dor que sofrem quase 270 mil pessoas que viram seus entes queridos morrer”.

“Fanfarrão”

Ainda durante o seu pronunciamento, Lula também fez duras críticas ao governo do Jair Bolsonaro (sem partido), chamando-o de “fanfarrão”, além de criticar a forma como ele está conduzindo o país, principalmente em meio à pandemia.

publicidade

Aos 75 anos, o petista disse que deve ser imunizado contra o novo coronavírus na próxima semana e fez um apelo aos brasileiros. “Não siga nenhuma decisão imbecil do presidente da República ou do ministro da Saúde. Tome vacina porque a vacina é uma das coisas que pode livrar você do covid-19. E não ache que você possa tomar a vacina e já tirar a camisa, ir para o boteco, tomar uma cerveja gelada e ficar conversando, não! Você precisa continuar fazendo o isolamento, utilizando máscara e álcool gel porque esse vírus, só nessa noite, matou quase 2 mil pessoas”.

Logo após seu discurso, que tem repercutido nos noticiários e nas redes sociais, o ex-presidente usou o Twitter para dizer que está “muito de bem com a vida”. “Eu tô muito mais sereno do que o Bonner ontem dando a notícia”, brincou.

Comentários