Narguilé prejudica a saúde tanto quanto o cigarro

0
De acordo com dados da OMS, os tabacos usados no cachimbo, que têm diversas essências, apresentam quatro vezes mais nicotina, 11 vezes mais monóxido de carbono e 100 vezes mais alcatrão do que o cigarro comum / Foto: reprodução

O narguilé, também conhecido como cachimbo d’água, uma tradição árabe, virou moda entre os jovens e adultos brasileiros. Mas assim como o cigarro, também oferece riscos para a saúde. A Secretaria de Estado da Saúde alerta que, além da dependência, o narguilé pode causar câncer, doenças cardiovasculares e doenças precoces.

publicidade
De acordo com dados da OMS, os tabacos usados no cachimbo, que têm diversas essências, apresentam quatro vezes mais nicotina, 11 vezes mais monóxido de carbono e 100 vezes mais alcatrão do que o cigarro comum / Foto: reprodução
De acordo com dados da OMS, os tabacos usados no cachimbo, que têm diversas essências, apresentam quatro vezes mais nicotina, 11 vezes mais monóxido de carbono e 100 vezes mais alcatrão do que o cigarro comum / Foto: reprodução

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), os tabacos usados no cachimbo, que têm diversas essências, apresentam quatro vezes mais nicotina, 11 vezes mais monóxido de carbono e 100 vezes mais alcatrão do que o cigarro comum. Além disso, consumir uma rodada no cachimbo equivale a fumar 100 cigarros.

O carvão usado para acender o narguilé também é inalado e é prejudicial à saúde. Outro fator de risco é a transmissão de doenças contagiosas já que as piteiras por onde se fuma são compartilhadas por várias pessoas ao mesmo tempo, o que leva a um alto risco de herpes labial e até doenças mais graves, como tuberculose e hepatite C.

publicidade

Comentários

publicidade