Início Cidades Natação de Osasco conquista 2º lugar em torneio no litoral paulista

Natação de Osasco conquista 2º lugar em torneio no litoral paulista

0
natação osasco
Com o resultado do torneio, a equipe obteve índice para participar dos Campeonatos Brasileiro de Inverno / Foto: Serel/PMO

A equipe de natação de Osasco participou do 3° Torneio Regional Petiz A Sênior, promovido pela Federação Aquática Paulista (FAP), no Complexo Esportivo Rebouças, em Santos, no litoral paulista.

publicidade

A competição, realizada no dia 30 de abril, reuniu mais de 300 atletas em provas realizadas nas categorias Petiz (11 e 12 anos), Infantil (13 e 14 anos), Juvenil (15 e 16 anos), Júnior (17 a 19 anos) e sênior (acima de 20 anos), masculino e feminino. As provas foram nos estilos livre, borboleta, peito e medley.

A equipe osasquense conquistou o 2º lugar com um total de 53 medalhas, sendo 20 de ouro, 22 de prata e 11 de bronze, ficando atrás apenas da Unisanta, que conquistou 80 medalhas. O terceiro lugar ficou com o Internacional, com 36 medalhas.

publicidade

Com o resultado, a equipe osasquense obteve índice para participar dos Campeonatos Brasileiro de Inverno, que são oficiais da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), e serão disputados no final de junho e início de julho.

“Para esse semestre nosso foco são os Campeonatos Brasileiros e Paulista de categorias, e no absoluto os Jogos Regionais. Teremos 13 atletas nos Brasileiros de categoria, sendo 5 (cinco) no Infantil, 4 (quatro) no Juvenil e 4 (quatro) no Júnior. Estamos treinando muito e confiantes em trazer um bom resultado para o município”, ressaltou o treinador Denis Lorenzo.

publicidade

“Os treinadores Arnaldo Vecchi Cabanas, Denis Lorenzo e Renan Lopes Parcesepem fazem um excelente trabalho com os atletas da nossa cidade. Já temos classificados para o Campeonato Brasileiro Absoluto de Natação, o tradicional Troféu José Finkel, três atletas, dois femininos e um masculino. Parabéns a todos pelo empenho e conquistas”, disse o secretário de Esportes, Rodolfo Rodrigues Cara.

Comentários