Nova sede da 2ª Cia da Polícia Militar é inaugurada no Jardim D’Abril

2
Fotos: Italo Cardoso

Foi inaugurada no sábado (1º), a nova sede da 2ª Companhia do 14º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M), no Jardim D’Abril. A unidade é uma parceria entre a Prefeitura e a Polícia Militar, e a obra foi executada pela Consplanno, empresa ligada ao Grupo Rezek.

publicidade

Com a nova sede da 2ª Cia, o Jardim D’Abril e a região ganharão o reforço de mais de 200 policiais, de acordo com a administração municipal.

O prefeito Rogério Lins afirmou que a entrega da 2ª Cia da PM é resultado de uma luta antiga. Ele ainda falou de investimentos na área e anunciou que 130 guardas civis municipais que passaram no concurso público foram convocados para fazer parte da corporação.

publicidade

“Osasco sempre foi motivo de desconfiança em relação à segurança pública e para nossa felicidade, na última semana, houve um evento em Brasília e convidaram quatro cidades do Brasil para darem exemplos de bons investimentos em segurança pública e Osasco foi uma dessas quatro cidades. Isso porque nós estamos fazendo com que os investimentos tragam resultados e já estamos sentindo isso nos índices de criminalidade. Vamos continuar investindo em armamento, compramos Glocks para a GCM, viaturas alugadas de alto padrão, sistema Detecta e câmeras de segurança fazendo de Osasco uma cidade cada vez mais segura”, disse Lins.

publicidade

O comandante do Policiamento Metropolitano, coronel da Polícia Militar Ronaldo Gonçalves Faro, explicou a importância da nova unidade da PM em Osasco: “Graças à parceria entre estado e o poder público municipal, através da Prefeitura de Osasco, e a iniciativa privada, isso foi possível. Somente com esse tipo de iniciativa nós vamos conseguir vencer o mal, o crime, no qual a união de esforços e unindo as entidades federais, estaduais, municipais e a comunidade nós conseguiremos resultados melhores”, afirmou.

Homenagem

O dia também foi de homenagem para a família Di Nizo. A rua da 2ª Cia da PM, que antes não tinha nome, passou a ser denominada Francesco Di Nizo, morador do bairro do Jardim D’Abril. A viúva, Carolina Di Pace Di Nizo, o filho e secretário de Governo, Sérgio Di Nizo, as noras Patrícia e Cleonice e 3 netos, Isabela, Gabriel e Ricardo, estiverem presentes no ato.

A solenidade de inauguração teve início com a entrada do Pavilhão Nacional e a execução do Hino Nacional pela Banda Regimental de Música do Comando de Policiamento de Área Metropolitano Oito (CPA/M-8). Em seguida, o ato ecumênico foi celebrado pelo capelão da Polícia Militar, Rodrigo Mendonça, o pastor Adolar Misse e o padre Alexandre Garcia.

Comentários