Editorial: Novembro para refletir

1

Depois do Outubro Rosa, novembro chegou bicolor. A novidade veio na cor azul, para alertar o público masculino sobre a importância da prevenção ao câncer de próstata. Mas vem também a tradicional cor negra, para nos fazer refletir sobre a importância das políticas afirmativas e compensatórias – inclusive as cotas – como forma de tentar restabelecer, minimamente e de forma temporária, um equilíbrio destruído ao longo de anos de história de racismo e discriminação.

publicidade

Neste campo, defensores das cotas e os contrários revestem-se dos seus argumentos, alguns mais válidos que outros. E para desembridar a discussão vem a realidade dura: o trabalhador negro ainda recebe 36,1% a menos do que o não negro. É o que mostra a pesquisa “Os negros nos mercados de trabalho metropolitanos”, apresentada nesta semana pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O levantamento, realizado nas regiões metropolitanas de São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Salvador, Fortaleza e Brasília, mostra que, ao contrário do que o senso comum poderia supor, a diferença salarial não é inversamente proporcional ao nível de formação. Quanto maior sua escolaridade, menor fica o salário do trabalhador negro em relação aos não negros. Assim, negros com ensino fundamental incompleto ganham, em média, R$ 5,27 por hora, contra R$ 6,46 dos demais. Entre os pesquisados com ensino superior completo, os negros recebem R$ 17,39 por hora, contra R$ 29,03 dos não negros.

publicidade

A disparidade continua na disposição hierárquica. Trabalhadores não negros têm quase 6 vezes mais acesso a cargos de chefia do que os negros. São dados aterradores que mostram o quanto ainda é preciso avançar na formulação de políticas de compensação.

publicidade

Comentários

1 COMENTÁRIO

  1. Isso é fantasiar, para conseguir vantagens governamentais para uma raça. O trabalhador não tem chances de ser chefe por ser branco, apenas. Tem mais chances se estiver mais preparado, seja de qual cor for.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorConsórcio de municípios
Próximo artigoFrases