Novo prefeito exonera 600 comissionados

0

O prefeito de Taboão da Serra, Fernando Fernandes (PSDB), exonerou cerca de 600 funcionários de cargos de confiança que trabalhavam na administração do antecessor, Evilásio Farias (PSB). No entanto, os salários dos exonerados ainda não foram pagos.

publicidade

A denúncia é do líder comunitário Antonio Carlos Costa dos Anjos, o Kaká, que é membro do PSB, partido de Evilásio. De acordo com ele, ex-funcionários foram “praticamente expurgados de seus locais de trabalho”.
“Independente da cor da bandeira partidária, o que se espera de um gestor público, seja ele prefeito, governador ou presidente, é o compromisso com o pagamento de pessoal”, afirma.

Em nota, a Prefeitura de Taboão afirma que o município tem uma dívida de R$ 200 milhões e que “o prefeito está honrando essa dívida de uma forma cronológica e, junto a isso, vem o pagamento dos funcionários exonerados”.

publicidade

Comentários

publicidade