O Papa no Brasil: a política de Francisco

1

Vimerson Araujo  / Mestrando em Filosofia Política pela Universidade São Judas Tadeu (USJT ) e professor da Faculdade da Aldeia de Carapicuíba (FALC)

publicidade

No Brasil entre os dias 22 e 28 de julho, para a 13ª JMJ – Jornada Mundial da Juventude, o Papa Francisco, que é o líder de mais de 1,2 bilhões de católicos, provou que suas atitudes são coerentes com seus discursos e os ensinamentos de Cristo.

Argentino e vizinho do maior país Católico do mundo, o primeiro Papa Jesuíta tem grandes desafios. Segundo dados recentes do Instituto Datafolha, o número de católicos no Brasil caiu de 64% em 2007 para 57% em 2013.
Além do desafio de reverter a queda quantitativa dos católicos e conter o avanço dos evangélicos, o Papa Francisco tem a missão de contribuir com a qualidade espiritual e intelectual dos católicos, que em sua grande maioria mal frequentam as Missas e pouco conhecem a doutrina que confessam.

publicidade

Outros temas também fazem parte dos desafios do Papa: a deterioração da ética interna da Igreja e o enfrentamento da cúpula do Vaticano, quando o assunto é corrupção, pedofilia e lobby gay.
Com carisma admirável, o Papa que escolheu o nome do Santo dos Pobres, tem demonstrado com gestos concretos a necessidade de uma nova política eclesial. Ao alterar o código penal do Vaticano, aumentando as penas nos casos de corrupção e pedofilia e ao fazer uma visita surpresa à garagem onde ficam os carros da Igreja, para depois criticar o uso de carros de luxo pelos padres, o Papa instituiu um novo comportamento a ser praticado.
A opção pelos mais pobres, o desapego dos bens materiais e um conjunto de respostas atuais para os problemas atuais, devem ser a base do novo catolicismo.

As recentes manifestações no Brasil, demonstraram o desejo por uma reforma política, com saúde e educação no padrão Fifa e, da mesma forma, espera-se da Igreja Católica, Padres e fiéis com o padrão Papa Francisco: humildade, fé, missão, carisma e responsabilidade social.

publicidade

Comentários