Obra do novo terminal de ônibus vai atrasar, admite Sergio Ribeiro

5

Período de chuvas é apontado como um dos motivos do atraso / Foto : Eduardo Metroviche
Período de chuvas é apontado como um dos motivos do atraso / Foto : Eduardo Metroviche

publicidade

William Galvão

Prevista para terminar na metade do ano, a obra da construção do novo terminal de ônibus de Carapicuíba, que faz parte do projeto “Novo Centro, Sua Nova Cidade”, vai atrasar, admitiu o prefeito Sergio Ribeiro (PT), em entrevista ao Visão Oeste durante evento comemorativo aos 48 anos da cidade, na manhã da terça-feira, 26.

“Erro foi o prazo estipulado”, diz prefeito

publicidade

Desde agosto do ano passado, mais de 100 mil passageiros por mês estão utilizando o terminal improvisado, construído ao lado da Praça das Bandeiras, como alternativa até que o novo terminal esteja pronto.
De acordo com o prefeito, o único erro foi o prazo estipulado. “Quando a gente estabelece que uma obra dessas vai ser concluída em seis meses e ela não fica pronta, isso acaba criando um grande incômodo para a população. Mas uma obra daquela magnitude leva mais tempo, mesmo com uma equipe bem preparada e uma boa construtora”, afirmou.

Segundo Ribeiro, entre os principais complicadores estão o período de chuvas, entre janeiro e março, que paralisou os trabalhos no subsolo, e imprevistos como pedras e lençóis d´água encontrados durante a escavação. Até o momento foram feitos mais de 300 furos no solo para a injeção de concreto em mais de 19 metros de profundidade, e foram finalizadas as fundações e as cabines que vão abrigar maquinários das escadas rolantes e elevadores.

publicidade

O projeto

O projeto “Novo Centro, Sua Nova Cidade” é uma parceria com o governo do estado de São Paulo e inclui ainda a construção de um túnel na avenida Mario Covas e uma passarela de ligação entre o Calçadão e o Parque da Lagoa. O investimento previsto é de R$ 60 milhões.

Comentários

5 COMENTÁRIOS

  1. A cidade de Carapicuiba está as moscas, é vergonhoso morar aqui.
    O descaso do governo municipal é visto em cada bairro e não precisa ir longe, no centro mesmo, muita sujeira, obras que nunca acabam, favelas crescendo sem controle, nenhuma viatura da guarda municipal, que aliás ninguém nunca vê…

  2. Sou Osasquense, mas fico informado sobre á cidade vizinha Carapicuíba, os mesmo problema que acontecem em Osasco,acontece em Carapicuíba. Como pode dar prazo á uma obra, dessa magnitude para metade do ano e agora vem o prefeito,dizer que vai atrasar… e a população como sempre sofre, no improvisado terminal que não é lá, essas coisas! Senhor prefeito de Carapicuíba, no próximo projeto que estabelecer, converse e faça uma reunião com os secretários de obras e engenheiros de obras, e preste muita atenção, no que estão elaborando. Por que quem sai prejudicado nessa é a População, que enfrentou fila na hora de votar no senhor, e que paga impostos em dia!

  3. Se souberem, me diga quando será o término da obra de restauração do ginásio Tancredo Neves “Tancredâo” o placa está na porta a muito tempo, para onde foi os recursos? Até o presente momento só foi pintado as telhas na parte interna. As dependências estão todas quebradas, banheiros imundos, monopólio no comércio interno “bar”, vestiário praticamente não existe. É vergonhoso morar em Carapicuiba.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVocê acha que os ovos de Páscoa estão caros? Pretende comprar?
Próximo artigoRenovação do funcionalismo público gera crise, diz prefeito