Obras do Corredor Oeste modificam tráfego no Jardim Silveira

0
Motorista que estiver trafegando sentido terminal precisará acessar a Brigadeiro Jordão, e logo depois a rua Rogélio Cabeza Castro (primeira à direita), que passará a ser mão única até a Fernão Dias / Foto: divulgação

A partir desta segunda-feira, 13, a rua Fernão Dias Paes Leme, no Jardim Alberto (Bairro Silveira), será parcialmente interditada em função da 1ª fase das obras no Corredor Oeste no trecho, entre a avenida Brigadeiro Manoel Rodrigues Jordão e o Terminal Rodoferroviário.

publicidade
Motorista que estiver trafegando sentido terminal precisará acessar a Brigadeiro Jordão, e logo depois a rua Rogélio Cabeza Castro (primeira à direita), que passará a ser mão única até a Fernão Dias / Foto: divulgação
Motorista que estiver trafegando sentido terminal precisará acessar a Brigadeiro Jordão, e logo depois a rua Rogélio Cabeza Castro (primeira à direita), que passará a ser mão única até a Fernão Dias / Foto: divulgação

O motorista que estiver trafegando sentido terminal precisará acessar a Brigadeiro Jordão, e logo depois a rua Rogélio Cabeza Castro (primeira à direita), que passará a ser mão única até a Fernão Dias. O Demutran de Barueri informa ainda que, durante o período do desvio de tráfego, fica proibido estacionar na rua Rogélio Cabeza Castro.

2ª fase
A 2ª fase das obras no local interditará a rua Fernão Dias Paes Leme no trecho entre o Corredor Oeste e a avenida Brigadeiro Manoel Rodrigues Jordão. Com a interdição da Fernão Dias, os veículos que seguem para o Parque dos Camargos ou para Jandira circularão pela avenida Municipal, que terá sentido duplo até a Brigadeiro Jordão.

publicidade

O Demutran informará a data da mudança de tráfego tão logo o Governo do Estado avance à 2ª fase das obras do Corredor Oeste no trecho.

Corredor Oeste
Popularmente conhecido como Corredor Oeste, o Corredor Metropolitano Itapevi – São Paulo terá 23,6 km de extensão, de acordo com a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, controlada pelo Governo do Estado), abrangendo os municípios de Itapevi, Jandira, Barueri, Carapicuíba, Osasco e São Paulo (Butantã).

publicidade

O objetivo do Corredor é a integração com a rede sobre trilhos, promovendo mais mobilidade. O ponto inicial será no Terminal Itapevi, junto à estação da CPTM, e seguirá até o Terminal da Vila Yara, entre Osasco e a capital paulista.

Comentários