Oito anos depois de assassinar o pai, um homem de 27 anos, usuário de drogas, foi preso no sábado, 11, no Jardim D’Abril, em Osasco, acusado degolar a mãe.

publicidade

Após a morte do pai, ele havia passado cinco anos preso, mas foi liberado e voltou a morar com a mãe, que, aos 51 anos, foi encontrada morta com um corte profundo no pescoço.

O assassino foi a um salão de cabeleireiros do bairro e confessou o crime. À polícia, ele declarou que a mãe “pediu para ser morta”.

publicidade
Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui