OMS pede que países monitorem o zika vírus

0

O escritório central da Organização Mundial da Saúde (OMS), em Genebra, na Suíça, assume o combate do zika vírus e pede que governos de todos os continentes monitorem e informem a entidade sobre eventuais casos da doença ou de microcefalia. No total, pelo menos 18 países já identificaram casos. Mas, para a OMS, o temor é de uma proliferação ganhe força nas próximas semanas.

publicidade

“Estamos pedindo que todos os governos monitorem a situação e notifiquem a OMS sobre eventuais casos”, disse Christian Lindmeier, porta-voz da entidade. Essa foi a primeira vez que a organização na Suíça se pronunciou oficialmente sobre o caso. Até agora, todas as perguntas e mesmo os trabalhos eram realizados apenas pela Organização Pan-Americana de Saúde.

A transferência de competências para Genebra significa, segundo os funcionários, que existe o temor de uma proliferação para outros continentes e que a doença ganhou uma dimensão maior no “cenário global”.

publicidade

Comentários

publicidade