Operação contra cerol apreende mais de 300 carretéis e linhas de pipa em Jandira

0
Operação cerol Jandira
Além de desrespeitarem a quarentena, jovens e adultos têm usado as linhas cortantes para empinar pipas / Foto: divulgação

Durante esta semana, a Operação Cerol, realizada em Jandira, recolheu aproximadamente 300 materiais que continham linhas chilenas e com cerol. A ação teve participação da Guarda Civil Municipal (GCM), em parceria com a Polícia Militar, Fiscalização de Posturas e Defesa Civil do município.

Os agentes que participaram da operação intensiva abordaram as pessoas, que além de desrespeitar a quarentena para soltar pipa, utilizavam destes materiais. As equipes reforçaram ainda a necessidade do isolamento social neste momento de pandemia da Covid-19 e uso de máscaras ao sair às ruas.

O cerol contém vários tipos de vidros, que após peneirados, são acrescentados em cola. Já a linha chilena é feita a partir da mistura do pó de óxido de alumínio com carbureto de silício e oferece mais risco. Por possuírem corte semelhante ao de uma navalha, o uso de linhas com materiais cortantes causam ferimentos e mortes, principalmente aos motociclistas e ciclistas.

Publicidade

Em Jandira, a comercialização, armazenamento, transporte, distribuição, produção, fornecimento e uso de materiais cortantes em linhas de pipas é proibido pela lei nº 2.218/18.

Comentários