Osasco agora tem Centro de Solução de Conflitos

0
O presidente do TJ-SP, José Renato Natalini, durante o evento / Foto: Eduardo Metroviche

O presidente do TJ-SP, José Renato Natalini, durante o evento / Foto: Eduardo Metroviche
O presidente do TJ-SP, José Renato Nalini, durante o evento / Foto: Eduardo Metroviche

publicidade

Na tarde desta quinta-feira, 13, foi inaugurada uma unidade do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) em Osasco. A unidade buscará a conciliação em causas na área da Família (divórcio, guarda, pensão alimentícia, visita etc.), na qual o índice de acordos é de cerca de 90%, de acordo com o TJ-SP.

“Conciliação é um salto qualificativo na cidadania”

O Cejusc resulta de parceria entre o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) e a Defensoria Pública. “Nesta gestão, a conciliação é um ponto alto do Tribunal de Justiça”, destacou no evento o presidente do TJ-SP, José Renato Natalini. “A conciliação é um salto qualificativo na cidadania”.

publicidade

A prática consiste na busca por acordo entre as partes sem a necessidade de um processo judicial e é considerada rápida, barata e eficaz.
A unidade inaugurada em Osasco funciona na avenida dos Autonomistas, 3.094, é a 102ª Cejusc do estado. Nos próximos meses devem entrar em atividade mais 18 Cejuscs no estado.
conciliadores

Durante o evento em Osasco, lideranças presentes se mostraram favoráveis ao projeto de lei em tramitação na Assembleia Legislativa do estado que estabalece remuneração aos mediadores e conciliadores, que hoje atuam de forma voluntária.
“Serei uma voz nessa demanda dos conciliadores”, disse a secretária de Justiça do estado, Eloisa de Souza Arruda. (Leandro Conceição)

publicidade

Comentários