Osasco deve voltar a ter Festa do Peão

Osasco deve voltar a ter Festa do Peão

29
Compartilhar

Sempre cercada de polêmica e tentativas de impedimento por parte de movimentos de defesa dos animais, a Festa do Peão de Osasco deve voltar a ocorrer este ano.

Publicidade

O evento, cuja organização promete “mega estrutura, mega shows e [que] com certeza vai ficar para história”,  será lançado nesta terça-feira, 18, e deve ocorrer em outubro, na Vila Yolanda. A última edição da festa do peão, que era tradicional em Osasco, ocorreu em 2013.

Defensores dos animais alegam que este tipo de evento gera maus tratos aos animais na montaria, o que é proibido em Osasco pela Lei 3.999/2006.

No entanto, a legislação municipal deixa brecha sobre o tema: “É proibida qualquer utilização, em atividades de competição ou exibição de montaria ou rodeios, de qualquer prática que implique dor ou desconforto aos animais, com o objetivo de os fazer correr ou pular”.

Ou seja, a lei osasquense não proíbe o rodeio, mas maus tratos em eventos do tipo.

Publicidade

Um dos objetos mais contestados dos rodeios é o sedém (espécie de corda que passa pela região da virilha), que costuma ser usado para forçar o boi a correr ou pular.

De acordo com defensores dos animais, o sedém aperta os testículos e causa dor intensa no bicho. Já os defensores dos rodeios afirmam que o equipamento não causa dor, apenas cócegas.

Compartilhar

Comentários