Osasco e Rio voltam a decidir a Superliga

0

Foto: Pedro Godoy
Foto: Pedro Godoy

publicidade

As meninas do Molico entram em quadra neste domingo, às 10h, no ginásio Arena da Barra, Rio de Janeiro, contra o principal rival, o Rexona-Ades/RJ, com a missão de trazer a Osasco o sexto título da Superliga.

As osasquenses voltam a disputar a final da principal competição do vôlei nacional depois de ficarem de fora da decisão na temporada passada, o que quebrou uma sequência de 12 finais seguidas da equipe de Osasco na Superliga.
Rexona-Ades e Molico são as duas principais equipes do vôlei nacional na atualidade. Atuais campeãs, ao derrotarem o Sesi na decisão da Superliga passada, as cariocas têm levado vantagem no confronto com as osasquenses. Em nove finais, entre 2005 e 2013, conquistaram seis taças diante das meninas de Osasco, que foram campeãs três vezes contra as arquirrivais, em 2012, 2010 e 2005.

publicidade

Após alguns tropeços, o Molico teve uma ascensão na reta final da Superliga. Na semi, passou sem drama, com duas vitórias no melhor de três, sobre o Sesi-SP, apontado por muitos como favorito por ter derrotado as osasquenses nas duas vezes anteriores em que os clubes haviam se encontrado na competição.
“A equipe entendeu os momentos de dificuldades e amadureceu durante a competição”, avalia o técnico do clube de Osasco, Luizomar de Moura. A decisão será em jogo único e o Rexona joga em casa por ter feito melhor campanha.

FINAL DA SUPERLIGA
Rexona-Ades/RJ x Molico/Osasco
Domingo, 26 – 10h Arena da Barra/RJ

publicidade

Comentários