Osasco: jovem dada como desaparecida diz que fugiu com o patrão porque...

Osasco: jovem dada como desaparecida diz que fugiu com o patrão porque quis

0
Compartilhar
Reprodução/"Cidade Alerta"-Record TV

Rithele, a jovem de 17 anos que foi dada como desaparecida pela família, que registrou boletim de ocorrência no 2º DP de Osasco afirmando que a adolescente era mantida sob cárcere privado pelo patrão, José Carlos da Silva, de 49 anos, reapareceu. Ao “Cidade Alerta”, que denunciou o caso, ela afirmou que fugiu com José porque quis (assista reportagem abaixo).

A adolescente, que era babá de um dos filhos de José, contou que saiu de casa, na semana passada, afirmando à mãe que iria ao curso de informática. Na verdade, ela foi ao trabalho do patrão. Lá, eles decidiram fugir.

Foram para uma chácara alugada por ele na cidade de Mairinque, onde ficaram por três dias. Até que o dono do imóvel viu a foto deles na TV, com a família denunciando o desaparecimento da jovem, e pediu para que eles deixassem o local.

Publicidade

José ficou em desespero ao ver a foto dos dois na televisão. “Ele começou a chorar”, contou Rithele ao “Cidade Alerta”. A adolescente diz que não sofreu abuso nas mãos dele.

Rithele conta que já era assediada pelo patrão há alguns meses. “A gente se falava por telefone, ele mandava mensagens”. Até que a mãe da garota soube e proibiu que os dois mantivessem um relacionamento. José chegou a mandar mensagens à mãe pedindo para namorar com a adolescente, e ela negava.

Publicidade

Apesar de ela negar que tenha sofrido abuso ou maus-tratos nas mãos de José, a família acredita que ela esteja escondendo algo.

Compartilhar

Comentários