O vereador Alex da Academia defende CPI para apurar irregularidades no transporte público em Osasco

O vereador Alex da Academia (PDT) voltou a fazer uma série de críticas aos serviços prestados pelas duas empresas de ônibus que atuam em Osasco e a defender a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar irregularidades no transporte público municipal.

Preço da passagem, que subiu de R$ 3,80 para R$ 4,20 (alta de 10,5%) no fim do ano, superlotação e demora são as principais queixas sobre o transporte público citadas por diversos vereadores osasquenses nas últimas sessões.

Durante discurso na Câmara na tarde desta terça-feira, 21, ele recebeu publicamente os apoios dos vereadores Pelé da Cândida (PSC) e Ricardo Silva (PRB).

Publicidade
“Sei que teremos as 21 assinaturas, sem sombra de dúvidas”, declarou Alex da Academia.
Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui