Osasco promete aumentar fiscalização de regras contra a covid-19 a partir deste sábado (22)

0
osasco
Foto: Lana Alves/Visão Oeste

Após o governo do estado anunciar o retorno da cidade à fase Amarela do Plano São Paulo de retomada econômica em meio à pandemia de covid-19, nesta sexta-feira (21), a Prefeitura de Osasco reafirmou que vai aumentar a fiscalização do cumprimento das regras contra a disseminação da doença a partir deste sábado (22).

publicidade

Guardas civis municipais à paisana vão fiscalizar o cumprimento de horários e regras de atendimento em comércios, além de possíveis aglomerações e desobediência a outras medidas de proteção contra a covid-19.

Reprodução
Reprodução

“Caso o município descumpra as regras, os números de ocupação de leitos de UTI e de respiradores podem voltar a subir. Com isso, Osasco deverá impor medidas mais restritivas, de redução de horário e alterações nas atividades comerciais, o que não é bom para a cidade e nem para o cidadão”, afirma a Prefeitura de Osasco.

publicidade

Na cidade, o atendimento aos pacientes acometidos pela covid é realizado nos Centros de Terapia Intensiva montados nos prontos-socorros do Jardim Santo Antônio e do Helena Maria, além do Hospital de Retaguarda no Pronto-Socorro Jardim D’Abril e nos hospitais Antônio Giglio e Regional.

O Hospital de Campanha foi desativado este mês, após a alta da última paciente da covid. A estrutura montada na Policlínica Zona Norte, continuará montada caso a cidade registre pico de coronavírus. Osasco tem um dos melhores índices de pessoas curadas da região metropolitana. Os números já se aproximam de 15 mil pessoas, sendo 14.798 curados.

publicidade

No entanto, a Prefeitura reforça: “é necessária a ajuda de todos no combate ao coronavírus. A população deve continuar com as medidas de higiene, como lavar as mãos com frequência e fazer uso do álcool em gel; evitar aglomerações; sair de casa somente quando necessário e utilizar a máscara, sempre”.

Comentários