Osasco terá redução na tarifa de ônibus

15
Motoristas e cobradores da região ameaçam greve desde a semana passada

Redução na tarifa ocorre após desoneração de impostos
Redução na tarifa ocorre após desoneração de impostos

publicidade

Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, 7, o prefeito de Osasco, Jorge Lapas (PT), vai anunciar a redução na tarifa de ônibus municipal. O novo valor da passagem será de R$ 3,20 a partir do próximo dia 17.

A medida ocorre no embalo de anúncio de redução da tarifa em cidades do Grande ABC paulista, como Santo André e São Caetano, onde o valor vai baixar de R$ 3,30 para R$ 3,20, o mesmo dos ônibus municipais da Capital.

publicidade

A redução ocorre devido a uma medida provisória do governo federal que zerou as alíquotas de Pis/Cofins para o transporte público em todo o país, no fim de maio, com o objetivo de amenizar o impacto dos reajustes das tarifas de transporte público na inflação.

Mudança de posição

publicidade

Na época do anúncio da desoneração de impostos pelo governo federal, o secretário de Transporte de Osasco, João Góis, havia afirmado que a medida não geraria uma redução na tarifa municipal. “Não é só uma questão de impostos e não temos condições de dar subsídios, como a Capital”, disse, na ocasião.

Ele havia afirmado que a desoneração de impostos seria “colocada na mesa” apenas em uma negociação sobre o próximo reajuste, que costuma ocorrer no fim do ano.

Mas a pressão sobre a Prefeitura de Osasco cresceu com a redução da tarifa em outros municípios.

Outras cidades também podem ter tarifa reduzida

A redução na tarifa de ônibus municipais é o primeiro resultado do recém-criado Consórcio Intermunicipal, do qual também fazem parte cidades como Barueri, Carapicuíba, Jandira e Itapevi. O assunto foi tema de reunião em Barueri entre os prefeitos destes municípios na manhã desta sexta-feira, 7. LEIA mais aqui sobre a unificação das tarifas e o consórcio intermunicipal da Região Oeste.

* Matéria atualizada às 15h11 de sexta-feira, 7, para acréscimo de informações.

 

Comentários

15 COMENTÁRIOS

  1. o monopólio aqui é demais o consorcio anhanguera vai reduzir 0,10 e reduz 60% da sua frota , assim lucrando milhões ,e não temos outra opção de transporte público , cadê o bilhete único que foi prometido hem

  2. pilantras faturam milhoes agora quer aplauso por aumentar trinta centavos e abaixa dez centavos ai vai jogar a responsa quando for anunciado sobre saude e educaçao acho que ta na hora do povo se reuni pois quem impor o valor somos nois pois esta sendo muito mau administrado a nossa cidade o nosso estado e o nosso pais acho que nao precisamos de politicos

  3. Pessoal, temos um terminal maravilhoso no centro da cidade !!! Considerado a 8ª Maravilha do Mundo !!! Ainda em obras, mas depois da copa… eles mudam novamente. Nossas ruas são tapetes persas, bem sinalizadas e seguras… . Engraçado, em São Paulo, a manifestação se motiva no aumento para R$ 3,20 . Aqui comemoramos a redução para R$ 3,20 ?

  4. Vai baixar de R$3,30 para R$3,20? Que maravilha !!!!! essa droga não éra para custar mais de R$2,00 e olha lá . E tem mais , esse prefeito ” não eleito” pelo povo , deveria é baixar o IPTU que ele aumentou quase 27% .

  5. Esses caras não tem vergonha de anunciar uma redução [editado pela moderação] e acha que esta fazendo muito

  6. Esse João Gois é um……. Deve ta recebendo propina da Urubungá. Pq quase todas as cidades do Brasil tiveram
    reajuste na media de 6,5% e so por aqui e mais umas 4 cidades aumentaram 10% ou mais??

  7. Isso é só tabelamento de preços… Quando aumentar em outros municípios, vão aumentar em Osasco, com a desculpa de que não se pode não aumentar por um acordo de tabelamento…Antigamente outros municípios aumentavam e em Osasco não, já chegamos a ter a menor tarifa da região, mas o golpe começa a ser dado!

  8. Transporte público é direito, serviço público, e se não fosse gratuito que pelo menos tivesse um preço honesto.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCharge
Próximo artigoRedução da tarifa de ônibus pode ser a primeira medida de consórcio regional