Compartilhar
Osaskito: Enxergando com o coração

Na UTI Infantil havia um garotinho que tinha acabado de chegar da cirurgia e estava chorando e impaciente. Mesmo com sua mãe do lado nada o acalmava. Passando pela pediatria, segui os gritos, pedi licença para entrar na UTI e logo fui perguntando com ar de autoridade: “Que bagunça é essa?”.

O menino automaticamente, com curiosidade, parou de espernear e ficou a observar o palhaço que entrava em seu espaço restrito de dor, cheio de fiozinhos conectados em seu peito franzino de meninote e o soro pendurado logo acima de sua cabeça.
Aproveitando que o pequeno paciente estava entretido a me observar, pus me a auxiliar as enfermeiras retirando de minha mala de cacarecos um desenho todo colorido com o tema da animação Carros, e usei o esparadrapo para fixar o desenho em sua caminha hospitalar. Logo em seguida presenteei o garotinho com uma bolinha, lápis de cor, uma folha em branco e um apito de passarinho.

E, como ele necessitava fazer exercícios recomendados pela enfermeira, por acaso havia uma cobrinha de plástico que, para fazê-la mexer o corpinho, o pequeno paciente tinha que movimentar lentamente o braço para o lados, fazendo de uma pequena brincadeira com a cobra, a sua fisioterapia . E o melhor de tudo, sem chorar!

Publicidade

Rê Silveira é o palhaço Osaskitto, que todas as semanas leva voluntariamente alegria e descontração aos leitos e corredores do Hospital Regional de Osasco. www.osaskittosocial.com / Facebook: Osaskitto / WhatsApp: 9 7498-0752

Comentários

Faça seu comentário