Palmeirense preso confessa que matou são-paulino por discussão após jogo, em Barueri

0
Diogo teria admitido que matou por rixa entre torcidas / Foto: reprodução

A polícia prendeu Diogo Alves dos Santos, de 26 anos, membro de uma torcida organizada do Palmeiras, que confessou ter matado a tiros, em Barueri, Guilherme Morais, 20, que fazia parte de uma organizada do São Paulo, segundo reportagem do “Brasil Urgente”, da Band. A motivo seria a rixa entre torcedores de clubes adversários.

publicidade

O crime aconteceu horas depois de o São Paulo eliminar o Palmeiras na semifinal do Campeonato Paulista, na noite do dia 7 de abril.

Guilherme foi morto com três tiros / Fotos: reprodução

No início, com Diogo foragido, a suspeita era de que o crime teria sido cometido por ciúme, já que Guilherme estava morando na mesma casa que a ex-companheira do assassino confesso.

publicidade

No entanto, a relação entre o são-paulino e a mulher era apenas de amizade e Diogo, que já estava em um novo relacionamento, não se manifestava contra o fato de a ex estar morando com Guilherme.

Troca de provocações

Os dois trocavam provocações e ameaças nas redes sociais, afirmou o pai de Guilherme ao “Brasil Urgente”. “Meu filho era são-paulino e o outro era palmeirense. Tinha mensagens [de provocações e trocas de ameaças] em celular, essas coisas”.

publicidade

No dia do crime, Guilherme teria provocado Diogo via redes sociais após a vitória do São Paulo sobre o Palmeiras na semifinal do Paulistão. Horas depois, por volta das 22h, o palmeirense invadiu a casa da ex e deu três tiros no são-paulino.

À polícia, Diogo afirmou ainda que, além da discussão por causa da partida, outro motivo para o crime seria o fato de Guilherme ter agredido a filha dele com a ex-companheira, o que é negado por ela e pelo pai do são-paulino.

Ameaças de vingança

Nas redes sociais, torcedores da organizada do São Paulo amigos de Guilherme dizem que querem vingar a morte dele.

“Sua praga. Maldito, prepara o teu caixão ‘mancha rosa’ desgraçado”, comentou um deles em uma postagem com uma foto de Diogo.

“Não esquenta não, seu imundo. O seu tá guardado e bem guardado”, postou outro. “Tem que achar esse lixo. Tem que vingar morte do irmão Gui. Esse f.. vai pagar caro”, diz outra mensagem.

“Já passei a visão ‘pros cara’. Vamos trombar esse ‘maluco’”, afirma outro.

Comentários