Parceria entre Lapas e Haddad desemperra remoção de favela

Parceria entre Lapas e Haddad desemperra remoção de favela

0
Compartilhar

Travada com ex-prefeito da Capital, parceria entre administrações só avançou com correligionários / Foto: Rodrigo Petterson/SECOM/PMO
Travada com ex-prefeito da Capital, parceria entre administrações só avançou com correligionários / Foto: Rodrigo Petterson/SECOM/PMO

Publicidade

A sintonia entre os prefeitos petistas de Osasco, Jorge Lapas, e São Paulo, Fernando Haddad, rendeu duas ações conjuntas dos municípios nos últimos dias: a remoção da favela do Jardim Wilson, para que Osasco possa concluir um projeto de ligação da Superavenida à Marginal Pinheiros, e uma operação de combate à dengue.

Promessa durante a gestão do ex-prefeito da Capital Gilberto Kassab (PSD), criticado por não cumprir, a remoção da favela do Jardim Wilson, na divisa entre as duas cidades, enfim teve início, na semana passada.
No total, 208 famílias devem ser removidas e receber bolsa aluguel até que sejam encaminhadas a projetos habitacionais.

Kassab foi criticado por não cumprir promessa

“A solução encontrada vem ao encontro do anseio de todos. As famílias receberão uma moradia digna. São Paulo resolve um problema antigo e Osasco poderá concluir o projeto da Superavenida”, afirmou o prefeito osasquense, Jorge Lapas.

Publicidade

De acordo com a Prefeitura de Osasco, a área desocupada contará com um projeto de mobilidade urbana, que incluirá a canalização do córrego local e a duplicação da avenida Manoel Pedro Pimentel – continuação da Superavenida.
A assessoria de Jorge Lapas destacou que “o projeto proposto ganhou imediato apoio de Fernando Haddad nos primeiros meses de gestão dos dois prefeitos”.

Dengue
Outra parceria entre as Prefeituras de Osasco e São Paulo na divisa foi em uma ação de combate à dengue com agentes das duas cidades na região do Parque Continental, na segunda-feira, 7 (leia mais na página 8).

Compartilhar


Comentários